Estágio em Educação possibilita experiência prática nas escolas
Atualizado em 22/05/2018 - 19:01
Estagiárias da Educação 22 05 2018
Os estagiários atuam em escolas de educação infantil e ensino fundamental, auxiliando os professores nas tarefas diárias - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

A Secretaria de Educação e Cidadania, em parceria com o Ciee (Centro Integração Empresa Escola), realiza processo seletivo para 22 vagas de estágio na Educação. Os candidatos que realizaram a prova objetiva no último dia 13 poderão consultar os resultados no site do Ciee a partir da próxima sexta-feira (25). Atualmente, a Secretaria de Educação e Cidadania conta com mais de 1.140 estagiários ativos e deverá contratar mais de 380 novos estagiários até julho.

O processo seletivo acontece em duas etapas. Após a avaliação, os estudantes serão convocados pelo CIEE para entrevista, obedecendo a ordem da lista classificatória. Os estudantes selecionados receberão bolsa-auxílio no valor de R$ R$ 856,68 (seis horas) ou R$ 571,13 (para quatro horas de atividades) e vale-alimentação.

Os estagiários atuam em escolas de educação infantil e ensino fundamental, auxiliando os professores nas tarefas diárias. Além disso, alguns estagiários irão ajudar nos trabalhos administrativos da Secretaria de Educação e Cidadania e em laboratórios de Informática das escolas.

O período de estágio é importante na formação dos novos professores, permite um aprendizado prático dentro das escolas e, muitas vezes, é o início da realização de um sonho. “O desejo de ser professora sempre esteve comigo. Sempre tive esse sonho, mas vieram outras prioridades na família, me casei, tive filhos. Só depois de me separar que resolvi realizar meu sonho. Tive o incentivo da minha mãe e resolvi prestar o Enem, depois disso consegui uma bolsa e comecei a cursar Pedagogia”, disse Sônia América Leão Borges, de 45 anos, estagiária na Emef Profª Therezinha do Menino Jesus, no Conjunto Dom Pedro I, região sudeste.

“Quando eu fiz a prova para fazer estágio na Prefeitura, surgiu a oportunidade de escolher em qual escola trabalhar, foi aí que eu escolhi estagiar na escola onde meus filhos estudaram. Nós, estagiários somos o apoio do professor. Eu acho que é muito importante o trabalho do estagiário na sala de aula. É muito bonito ver o desenvolvimento das crianças, especialmente dos alunos com deficiência, após o nosso trabalho no dia a dia”, relata animada a universitária.

Além do aprendizado prático, a experiência como estagiário possibilita a vivência de valores importantes no dia a dia das escolas, como a paciência, o respeito e a empatia. E é isto é o que inspira Sônia. “Eu me vejo no futuro como uma professora especialista em acompanhamento educacional especializado. É do meu coração fazer isso, o meu amor é poder ensinar as crianças especiais”, disse.

A motivação por ensinar e o carinho recebido dos alunos também inspira e motiva Lucimara Castro, de 35 anos, estagiária na Emef Profº Hélio Walter Bevilacqua, no Jardim República (região sul). A universitária cursa o 3º período de Pedagogia e há dois anos faz estágio na escola dos filhos. Atualmente, dois filhos de Lucimara estudam na unidade, a Melissa, de 11 anos, e o Melquiades, de 7 anos, e é lá, onde Lucimara atuou como voluntária nos eventos e atividades da escola, que hoje ela aprende e vive experiências “especiais”.

“Já participava aqui como uma mãe parceira e presente, depois como voluntária e, agora que estudo Pedagogia, como estagiária. As conquistas aqui são diárias e, depois de formada, espero continuar aprendendo e poder ensinar”, afirmou Lucimara.

“A presença dos pais na escola é muito importante, pois a escola é feita por todos. O meu estágio aqui tem sido ótimo, aprendo muito na prática e recebo apoio, respeito e carinho de todos. Dos aprendizados, o que mais marca para mim é o contato com as crianças, que nos incentivam e são muito amorosas”, disse animada a estudante.

Na escola, Lucimara e as demais estagiárias seguem o planejamento e a rotina diária definida pela equipe gestora de forma que consigam apoiar e auxiliar os professores conforme as necessidades das turmas e atividades.

“Eu gosto muito da parceria que temos com as meninas, elas nos dão um apoio na sala de aula que é importante. Pela carinha delas, no dia a dia, acredito que estejam aprendendo muito”, afirmou a professora do 1º ano, Walleska Moraes Costa.

Agentes educadores

No dia 7 de maio foram abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura para Agente Educador (salário de R$ 1.781,23), com 20 vagas e nível médio.

Além destas vagas, o concurso oferece 10 vagas para Assistente em Gestão Municipal (salário de R$ 1.781,23), também para nível médio, e outras cinco ofertas para Dentista (salário de R$ 3.401,26), que exige nível superior. O período de inscrição vai até o dia 4 de junho. A prova acontece em 1° de julho. A taxa de inscrição para as vagas de ensino médio é de R$ 45. Para ensino superior, R$ 80.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania