Crianças da Fundhas vão produzir um herbário de plantas nativas e exóticas
Atualizado em 11/05/2018 - 18:14
Crianças colhem batata-doce
Crianças colhem bata-doce em recente visita ao Centro Ambiental - Foto: Divulgação

Quitéria Melo
Fundhas

Nas próximas segunda e terça-feira, 28 crianças da unidade D. Bosco Criança da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) farão uma visita monitorada ao Centro de Estudos Ambientais e de Empreendedorismo Ecológico – na Rua Santarém, 560, Parque Industrial (zona sul de São José dos Campos) com o objetivo de coletar material para a produção de um herbário, ou seja, um catálogo de plantas nativas e exóticas existentes no Centro e na Mata Ciliar.

Durante o tour ecológico as acrianças terão a oportunidade de conhecer as plantas ornamentais, comestíveis e espécies de Mata Atlântica e, sob supervisão de técnicos, vão colher folhas de todos os tipos para que sejam desidratadas e se transformem em um herbário – uma forma de organizar e classificar as plantas -  que servirá como base de estudo para eles e os demais colegas, durante as aulas de educação ambiental.

Durante uma semana, o material colhido e identificado deverá ficar disponibilizado entre folhas de jornais, dentro de pedaços de papelão ou um livro grosso para fazer pressão na planta. A identificação consta de família da planta, nome científico, nome vulgar, local e data da coleta. Após o período de secagem, as folhas deverão ser retiradas, coladas em papel sulfite e plastificadas.

Após a coleta do material para o herbário, os estudantes vão colher hortelã para tomar um chá digestivo e estimulante, ao final da atividade.

Lançado em 31 de outubro de 2017, o Centro de Estudos ambientais e de empreendedorismo ecológico possui área de mais de 3.000m² - uma sala de aula a céu aberto, com infinitas possibilidades de aprendizagem e interdisciplinaridade, transformando o espaço em uma plataforma para o desenvolvimento de ações empreendedoras, com foco na sustentabilidade.

Além das especificidades de cada área do conhecimento que poderão ser exploradas, o Centro dispõe de muitos recursos naturais que, por si só, já valeria a visitação, como sistema de captação e utilização de águas pluviais; revitalização de solo (minhocultura), biofertilização,  aquaponia, viveiros de plantas, horta orgânica e áreas frutíferas, entre outras. Todos os professores/educadores da Fundação podem agendar visitas ao espaço, sempre alinhadas com o plano de trabalho pedagógico.

A Instituição

A Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos e atende gratuitamente crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, que participam de atividades, no contraturno escolar.

Serviço:

14/05 – Visitação das 8h30 às 10 horas

15/05 – Visitação das 14h às 15h30


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas