Avenida com revestimento antipoeira no Capuava é recuperada
Atualizado em 10/05/2018 - 18:51
Implantação de fresa de asfalto em via que foi aplicado revestimento antipoeira 10 05 2018
Equipes de pavimentação aplicam fresa de asfalto em via com antipoeira no Capuava - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Manutenção da Cidade

Com o objetivo de garantir mais segurança para os motoristas e diminuir os transtornos para a população, a Prefeitura de São José dos Campos iniciou nesta quinta-feira (10) a recuperação da avenida Brasil, no bairro Capuava, na região sudeste, onde foi aplicado revestimento antipoeira pela Administração anterior.

O serviço está sendo realizado pela Secretaria de Manutenção da Cidade.

As equipes de pavimentação aplicaram fresa de asfalto em um trecho de 300 metros da via, que é corredor de ônibus e uma das principais do bairro. Outro trecho de 200 metros receberá o mesmo material nos próximos dias.

Também foram executados o nivelamento e a compactação do solo.

A fresa de asfalto foi cedida pela concessionária NovaDutra, gerando economia para os cofres públicos.

A recuperação da via vai beneficiar cerca de 200 famílias que residem no Capuava, além dos moradores da zona sudeste e de outras regiões da cidade que passam pelo local diariamente.

Material resistente

A fresa de asfalto garante um serviço de qualidade, que evitará transtornos para os motoristas, mesmo quando chover.

A Prefeitura pretende utilizar materiais reciclados e doados em outros serviços de manutenção, como na recuperação de estradas de terra, dentro da política de compartilhamento de recursos.

Fresas de asfalto doadas pela NovaDutra já foram utilizadas no ano passado para recuperação da Estrada Antenor Salles Vilela, principal acesso do Chácaras Havaí aos bairros Águas de Canindu 1 e Águas de Canindu 2, na zona norte; e na Rua 1, um dos corredores de ônibus do bairro Chácara Santa Helena, na região leste.

Moradores do Capuava elogiaram a iniciativa da Prefeitura de recuperar a avenida Brasil. “O antipoeira durou pouco e a avenida ficou cheia de buracos, com grande risco de acidentes. A Prefeitura está de parabéns em aplicar este novo material”, disse a dona de casa Sandra de Oliveira, 41 anos.

“Acho que com a fresa de asfalto a avenida Brasil vai ficar muito boa. Além de garantir mais segurança para os motoristas, vai acabar com o pó que sobe da avenida e que prejudica nossa saúde”, afirmou o segurança Marcilei Santos, 42 anos.

Tapa-buraco

Dando continuidade à recuperação da avenida Brasil, outros dois trechos da via terão operações tapa-buraco nos próximos dias. Este serviço já foi realizado em outras vias do bairro, como as ruas Costa Rica, Nicarágua e Cidade do Vaticano, além da avenida Canadá.

Nesta sexta-feira (11), serão realizadas operações tapa-buraco em vias com antipoeira da Vila Araújo, na zona leste. Até o final deste mês, a força-tarefa será realizada também nos bairros do Freitas e Águas de Canindú, além do distrito de São Francisco Xavier, todos na zona norte.

Já foram contemplados os bairros Serrote e Majestic, na zona leste; e São João, na zona norte, com a recuperação de um trecho de 25 quilômetros.

Força-tarefa

O trabalho, que está sendo intensificado pela Secretaria de Manutenção da Cidade com ações toda semana, integra a força-tarefa em ruas, avenidas e estradas municipais onde há necessidade de reparos.

O plano contingencial para agilizar a correção das imperfeições envolve as secretarias de Mobilidade Urbana, Manutenção da Cidade e Gestão Habitacional e Obras.

Enquanto se resolve a questão judicial com a empresa Best Transportes e Construções Ltda, do Pará, as equipes de pavimentação da Secretaria de Manutenção da Cidade estão executando operações tapa-buraco nas vias mais comprometidas de bairros de várias regiões.

Processo                 

O revestimento de antipoeira foi executado pelo governo anterior no segundo semestre de 2016. Desde fevereiro de 2017, no início da atual Administração, a pavimentação tem apresentado falhas em pelo menos metade das vias onde foi aplicado este tipo de revestimento.

A empresa responsável foi notificada oito vezes pela Prefeitura para realizar os reparos no pavimento, já que ainda está no prazo da garantia da obra. Como não tomou providências, a Secretaria de Mobilidade Urbana instaurou um processo administrativo.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Manutenção da Cidade