Crianças participam da colheita de beterraba para incentivar cultivo em casa
Atualizado em 25/06/2018 - 14:27
Alto da Ponte - Colheita de beterraba
Crianças fazem seleção de beterrabas após a colheita no Centro de Educação Ambiental e de Empreendedorismo Ecológico da Fundhas - Foto: Divulgação

Quitéria Melo
Fundhas

Na manhã desta segunda-feira, crianças de 6 a 12 anos, da unidade Professora Karla Pryscila Nunes de Oliveira (Alto da Ponte), da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), colheram mais de 40 beterrabas. As sementes foram plantadas pelos próprios alunos em abril, em uma visita técnica ao Centro de Educação Ambiental e de Empreendedorismo Ecológico da Instituição, no Parque Industrial, na região sul de São José dos Campos.

Antes da colheita, as crianças aprenderam a importância de plantar as sementes do vegetal afastadas uma das outras, para não atrapalhar o crescimento das plantas; os cuidados que elas precisam ter com o sol; e o reforço da necessidade da alimentação saudável para que elas possam auxiliar os familiares no cultivo do certos alimentos em casa. Durante a visita, os alunos aprenderam também que não é só a beterraba, mas suas folhas e talos que podem ser consumidos. 

Stefani Maria Gonçalves da Silva, 11 anos, aproveitou a experiência. “A gente aprendeu a colher, plantar e saber quando os alimentos estão bons. Eu gosto muito de beterraba, minha mãe vai fazer uma salada em casa”.

“Não gosto de beterraba, mas depois de hoje me deu até vontade de comer. Foi interessante o moço explicando sobre o solo, os alimentos saudáveis e como fazer a plantação correta dos alimentos”, contou Camila Gabriele Moreira da Silva, 11 anos.

Pedro Henrique Ferreira de Lima, 10 anos, não sabia como era uma beterraba e gostou de comer a folha e o talinho do vegetal. “Foi muito legal a colheita. Eu nunca tinha comido beterraba, mas agora eu vou experimentar e sempre colocar no meu prato".

Para a professora Alzira Rios, é de grande importância que as crianças aprendam desde pequenas a importância da alimentação para manter a boa saúde, além do prazer do preparo, do plantio, do cuidado, da colheita e do consumo sem produto químico. "Ver, na prática, o que foi trabalhado em sala contribui muito no trabalho desenvolvido e mostra que é possível ter uma horta orgânica em casa, com baixo custo financeiro", afirmou.

Sobre o Centro

O Centro de Educação Ambiental e Empreendedorismo Ecológico foi inaugurado no dia 31 de outubro de 2017 e serve de plataforma para o desenvolvimento de ações empreendedoras, com base na sustentabilidade, oferecendo um aprendizado diferenciado a alunos e profissionais da Fundhas e Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza). 

A Instituição

A Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos e atende gratuitamente crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, que participam de atividades no contraturno escolar, com atividades educacionais como música, dança, teatro, artes e uma atenção especial ao reforço escolar. Esporte e cultura também fazem parte do dia a dia dos alunos, que ainda aprendem a cuidar do meio ambiente.


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas