Alunos de São José têm experiência em torneio de robótica
Atualizado em 24/06/2018 - 15:31
TechChallenge  encontro de Robótica no Cefe 23 06 2018
Cerca de 20 alunos de quatro escolas de ensino fundamental de São José tiveram um sábado de aprendizados diferentes com os desafios de robótica. - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

Cerca de 20 alunos de quatro escolas de ensino fundamental da Prefeitura de São José dos Campos, com idade entre 12 e 14 anos, tiveram um sábado de aprendizados diferentes com os desafios do Torneio Juvenil de Robótica.

O torneio foi uma das competições do Tech Challenges, evento promovido pelo Instituto Alpha Lumen, que reuniu estudantes da região neste sábado (23) nos espaços do Cefe (Centro de Formação do Educador) para concorrer em jogos e cumprir tarefas com robôs.

Os alunos da rede foram treinados pelo instituto e acompanhados por professores da rede de ensino municipal durante semanas de preparativos para a competição. Eles competiram nas modalidades: Viagem ao Centro da Terra, Luta de Sumô e Cabo de Guerra.

“Trabalhar junto, cada um com sua função, mas em grupo é o mais importante, ninguém faz nada sozinho”, foi assim que a aluna, Ana Eliza Oliveira, da Emef Profª Leonor Pereira Nunes Galvão, na Vila Industrial (região leste), resumiu a lição que aprendeu participando do torneio com colegas da escola.

Os estudantes de 13 anos da Emef Profª Elza Regina Ferreira Bevilacqua, do Jardim Estoril, na região sul, Lucas Altamiro, Aurélio Doreto, Otávio Rafael e Guilherme Eduardo formaram um dos grupos para participar da competição e, de toda experiência, destacam a importância do trabalho em equipe e o gosto pela robótica.

 “É importante e muito bom estar aqui, aprender sobre programação, poder montar, que é o que eu mais gosto, de ajudar a montar os robôs. Todos no grupo são importantes”, contou Lucas. Guilherme concorda com amigo e emenda: “Gosto de robótica, vale a pena participar deste torneio, pois é divertido e aprendemos bastante”.

“Aprendemos mais e mais sobre robótica e programação, fazer o robô andar e fazer as tarefas é muito legal! Gostei de tudo aqui”, disse Otávio.

 “Sempre vi na televisão coisas relacionadas a robôs, sempre tive interesse nisso e agora pude participar e colocar a mão, para mim a programação é divertida, é o que mais gosto. Participar disto em grupo foi importante para nós”, concordou o aluno Aurélio.  

Além das atrações do Torneio Juvenil, o público assistiu também outros torneios simultaneamente: a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), o Torneio Universitário de Robótica (TUR) e o Robofest, para crianças de 7 a 12 anos. Os visitantes puderam interagir com um simulador, os drones e robôs, entre outras ações.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania