Alunos participam de 5ª Mostra de Vídeos Ambientais do Programa de Revitalização de Nascentes
Atualizado em 20/06/2018 - 09:19
Mostra de Curtas no Parque Tecnológico
Sete escolas municipais se destacaram na classificação da 5ª Mostra de Vídeos Ambientais do Programa de Revitalização de Nascentes - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

A 5ª Mostra de Vídeos Ambientais do Programa de Revitalização de Nascentes, aconteceu na manhã desta sexta-feira (15). Alunos de 15 escolas municipais participaram da cerimônia que aconteceu no Parque Tecnológico, no distrito de Eugênio de Melo, onde puderam apresentar o material produzido pelas equipes.

Os estudantes produziram obras audiovisuais com o tema ‘Bora cuidar da nascente’, que tinham duração máxima de três minutos. Crianças e adolescentes, que participam do projeto de educomunicação, foram responsáveis por toda criatividade, direção, iluminação e roteiro do vídeo.

A mostra teve por objetivo promover a produção de vídeos e um canal de difusão das obras audiovisuais que sensibilizem a sociedade sobre a importância do Programa Revitalização de Nascentes. Os vídeos serão disponibilizados em um canal do youtube. O Programa de Revitalização de Nascentes está revitalizando, desde 2006, 33 nascentes degradadas em áreas urbanas do município, que contribuem para a formação do rio Paraíba do Sul, responsável pelo abastecimento de aproximadamente 18 milhões de habitantes.

Para a professora de Enriquecimento Curricular, Elize Pires, que estava acompanhando os alunos da Emef Mercedes Rachid Edwards, unidade escolar que fica no distrito de São Francisco Xavier, o projeto foi de grande importância para a vivência dos alunos com a comunidade.

“Como a escola já está localizada em uma área de proteção e com muitas nascentes, trabalhamos muito a questão do meio ambiente, a valorização dele. O projeto é muito importante porque eles começam desde cedo a entender, a preservar o local, e ver como eles vão deixar esse legado para o futuro”, disse.

A aluna Rute Vitória, de 13 anos, participou do Programa e destacou a importância das nascentes para o distrito e para o currículo escolar. “É um enriquecimento para nós da escola e também para a comunidade. Nós aprendemos sobre a importância das nascentes, o que elas nos trazem de bom, a gravidade que é a poluição e degradação para elas. Reunimos um grupo onde tivemos a ideia de ir até uma nascente perto da escola e gravarmos o vídeo. Foi muito bom poder participar de um projeto tão legal na escola”, afirmou.

Os estudantes e representantes das escolas estavam em peso na plateia e torceram animados pela premiação dos vídeos. “Estou muito confiante que minha escola será premiada, é muito emocionante participar e ver o quanto eles se esforçaram para realizar esse vídeo, para fazer todo o projeto, o empenho que todos tiveram no trabalho. Estou muito feliz de fazer parte disso e estar aqui”, disse a aluna da Emef Profº Geraldo de Almeida, Juliana da Silva, 14 anos.

Cada unidade escolar pode inscrever até três vídeos inéditos, eles foram avaliados por uma comissão julgadora pelos critérios de atendimento à temática, roteiro, criatividade, produção, interpretação, efeitos especiais e vídeo destaque. Ao final do evento, foram apresentados os vencedores de cada classificação. Os alunos da Emef Mercedes Rachid Edwards, juntamente com as escolas EMEF Prof. Martha Abib Castanho e EMEF Professora Mariana Teixeira Cornélio foram premiadas como vídeos destaques da mostra. A turma da Emef Profº Geraldo de Almeida levou os troféus de melhor Roteiro e Interpretação. Já a EMEF Prof Dosulina Chaves Andrade foi avaliada tendo seu vídeo como merecedor dos prêmios de Criatividade e Efeitos Especiais. Outras escolas também foram premiadas com troféus e a lista de projetos e a classificação das escolas pode ser conferida aqui.

Educomunicação

A educomunicação é um componente pedagógico do Programa Revitalização de Nascentes, por meio do qual professores e alunos são estimulados a utilizarem a linguagem audiovisual como instrumento de informação e sensibilização. As atividades acontecem em parceria entre a Secretaria de Educação e Cidadania e a Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade.

O projeto contemplou neste primeiro semestre de 2018 uma sequência de formações com professores e alunos para a produção audiovisual, envolvendo oficinas práticas de produção de roteiros e de curtas-metragens, além de conceitos e vivências sobre a proteção da biodiversidade e dos recursos hídricos.

A proposta de trabalhar a educomunicação a partir dos recursos audiovisuais, consiste em promover as diversas formas de expressão e a aprendizagem de várias habilidades pelos alunos (elaboração de roteiros, interpretação, montagem de figurino, iluminação, edição, filmagem, expressão corporal, entre outros), além de estreitar a relação professor-aluno.

O projeto de educomunicação socioambiental do Programa Nascentes conta em 2018 com o apoio da Agevap (Associação Pró- Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul), que disponibilizou o recurso de R$ 119 mil para financiamento das ações, provenientes da cobrança pelo uso da água, a partir de um edital em que a Prefeitura de São José dos Campos foi contemplada.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania