Crianças de 11 anos têm palestras com profissionais do Procon
Atualizado em 14/06/2018 - 20:52
Escolas recebem palestras informativas com profissionais do Procon
Os alunos aprendem mais sobre os seus direitos como futuros consumidores, a importância de poupar, ter planejamento financeiro e também alerta sobre golpes da internet - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

Escolas do ensino fundamental da rede municipal de São José dos Campos têm recebido profissionais do órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) da cidade para palestras informativas. O encontro aborda questões sobre os direitos do consumidor, educação financeira, entre outros assuntos para alunos dos 6º e 7º anos, que têm entre 11 e 12 anos de idade. O principal objetivo das palestras é formar os estudantes como multiplicadores de conhecimento sobre os direitos do consumidor. 

A parceria entre o Procon e a Secretaria de Educação e Cidadania leva os conhecimentos dos profissionais aos alunos de forma dinâmica e coloquial. Na conversa, os alunos aprenderam mais sobre os seus direitos como futuros consumidores, a importância de poupar, ter planejamento financeiro e também foram alertados sobre golpes da internet. Em uma das palestras, com uma turma de alunos do 6º ano da Emef Profª Therezinha do Menino Jesus S. Nascimento, no bairro Dom Pedro I (região sul), os alunos se interessaram sobre a proteção contra golpes de fornecedores.

“Achei muito interessante o que foi falado sobre golpes, porque pode ocorrer com todos nós, eles explicaram como nos proteger. Antes das pessoas comprarem algo, devem ler o que está escrito, prestar mais atenção na hora da compra, isto que vai fazer a diferença para não se arrepender depois”, contou a estudante Rafaelle Cristhinny Ferreira da Silva, 11 anos. 

O Isaque Vitor Cavalcante, também de 11 anos, recebe semanalmente uma mesada dos pais e pode escolher usar o dinheiro como bem quiser. O aluno já demonstra consciência com os gastos, pois se organiza e poupa o dinheiro da mesada para poder comprar o que mais gosta: jogos de videogame. “Aprendi na palestra que eles estão nos ajudando a nos preparar para o futuro. Costumo acompanhar as decisões e aquisições da minha família, então, sei que preciso economizar, guardar dinheiro e me planejar para comprar o que preciso e gosto, como os jogos", conta. 

De acordo com o professor de Educação Física, Aldo Nunes Teixeira, que acompanhou a turma na palestra, essa conversa ajuda a preparar os alunos para o futuro. “É enriquecedor passar essas informações para já melhorar a cultura deles como consumidores desde novo, para que chegando na fase adulta eles já saibam agir da melhor forma, com consciência”.

O atendimento do Procon tem aumentado em média 20% ao ano, tal aumento mostra que o consumidor joseense está mais consciente de seus direitos e, em parte, se deve às palestras ministradas pelo órgão de defesa do consumidor nas escolas municipais. A Educação Financeira forma alunos que atuam como multiplicadores de conhecimento, pois transmitem o que aprendem aos pais, vizinhos e familiares.

Para a coordenação do Procon, o trabalho em parceria com a Secretaria de Educação e Cidadania, que acontece desde o ano passado, contribuiu para a conscientização dos futuros consumidores sobre a importância de administrar bem seus recursos financeiros, para saberem investir e serem consumidores conscientes, seguros e maduros nas decisões financeiras. E a lição que fica para os alunos é simples, porém muito importante: "cidadãos conscientes são cidadãos mais respeitados". 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania