Altos de Santana recebe etapa do Festival de Pipas com ênfase na segurança
19/07/2018 - 17:34
Foi a segunda etapa do Festival Joseense de Pipas
Equipe da Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida distribui material para a confecção das pipas - Foto: PMSJC

Wagner Matheus
Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico

As colinas que fazem do bairro Altos de Santana, na região norte, uma das paisagens mais bonitas da cidade, foram o cenário da segunda etapa do Festival Joseense de Pipas, na tarde desta quinta-feira (19).

O festival é uma realização da Prefeitura de São José dos Campos e faz parte do programa de comemoração dos 251 anos do município, que vai ocorrer no próximo dia 27.

Cerca de 100 pessoas, entre crianças, adolescentes e pais, participaram do evento realizado em uma área livre ao lado dos prédios do CDHU, no limite do bairro com a zona rural.

A atividade teve início com uma mensagem da EDP Energia sobre os perigos das pipas empinadas próximo à rede elétrica. Em seguida, uma equipe do programa Anjos da Guarda, da Guarda Civil Municipal (GCM), apresentou um teatro de bonecos abordando os riscos do uso de cerol nas pipas e recomendando a escolha de locais adequados para a prática.

A principal atividade veio em seguida, com a realização de uma oficina de confecção de pipas orientada pela Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida. Com material fornecido pela Prefeitura, os participantes produziram suas pipas com as cores preferidas e recortes diversos.

Entusiasmo

A população do bairro aprovou o festival. Romildo dos Santos Mendes estava acompanhado dos dois filhos, Pedro Henrique, de 14 anos, e Luiz Felipe, de 9. Ele era o mais entusiasmado, demostrando boa técnica na confecção das pipas.

“Essa era a minha diversão da infância, quem aprendeu não perde o jeito”, disse. Quanto ao uso de cerol, o morador lamentou a facilidade que existe hoje para a compra do produto. “Na minha época era mais difícil, tínhamos que fazer. Hoje, infelizmente, as crianças têm facilidade de encontrar cerol, está mais liberado”, advertiu.

Enquanto isso, Maria Angélica Camargo Ferreira Martins elogiou a realização da atividade de lazer no bairro. Mãe de quatro filhos autistas, ela disse que sempre que tem oportunidade leva as crianças para se divertir.

“Elas ficam mais calmas e se enturmam com outras crianças, o que não acontece em outras situações”, explicou. Seu filho Isaac, de 13 anos, era o mais falante do grupo familiar. Apesar de ter gostado da pipa que ganhou dos organizadores da festa, Isaac não escondeu o que quer ser no futuro: “Vou ser engenheiro de robótica porque adoro robôs e androides”, afirmou com convicção.

O Festival Joseense de Pipas terá mais três etapas. Confira na programação abaixo.

Próximas etapas

24/7 – Pinheirinho dos Palmares (avenida João Rodolfo Castelli, s/nº)

26/7 – Centro Esportivo Eugênio de Melo (rua Ambrósio Molina, 370)

31/7 – Centro Poliesportivo Jardim Cerejeiras (avenida 23 de Dezembro, 400)

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico