Blitz da Lei Seca aborda motoristas na região oeste
Atualizado em 27/01/2018 - 16:56
Mobilidade Urbana
Abordagem do programa realizada na Avenida Cassiano Ricardo - Foto: PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

Uma blitz de fiscalização e conscientização realizada na noite de sexta-feira (26) abordou 37 motoristas na Avenida Cassiano Ricardo, na região oeste de São José dos Campos. Nenhum condutor foi autuado por alcoolemia ao volante. A ação foi realizada pela Prefeitura em parceria com a Polícia Militar e o Detran.

O condutor que ainda insiste em misturar álcool e direção pode pagar caro por esta escolha. Além de colocar em risco a própria segurança e a das outras pessoas. Dirigir sob efeito de álcool é infração gravíssima, passível de multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses, além das medidas administrativas.

No caso de quem faz o teste do etilômetro e ultrapassa o limite de 0,33 miligramas de álcool, há o enquadramento por crime de trânsito e uma possível detenção, que varia de seis meses a três anos.

Mais que fiscalizar, as ações do programa Lei Seca visam promover uma mudança de comportamento por parte dos motoristas para que optem por formas alternativas na hora voltar para casa depois de ingerir bebida alcoólica, preservando a segurança de todos no trânsito da cidade.

Programa

A ações do programa Lei Seca são realizadas semanalmente em bares e locais de shows ou durante blitze educativas. Também há palestras sobre o assunto em universidades.

São parceiros da iniciativa as Polícias Militar, Rodoviária Estadual e Federal, o Detran, Corpo de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Grau (Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências e Emergências).

No ano passado, 21 blitze abordaram mais de 1.600 motoristas nas ruas, avenidas e rodovias que cortam a cidade. Em outra frente, com a ação A Conta, a equipe visitou mais de 10 estabelecimentos desde maio, quando foi lançada.

Nas universidades, o destaque foi a palestra Lei Seca: Que Papo É Esse. Nos encontros, os alunos receberam informações sobre os riscos de beber e dirigir, assim como esclareceram dúvidas sobre os efeitos do consumo de bombom de licor e uso do enxaguante antes do teste com o etilômetro.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana