Visita à nascente desperta consciência ambiental
Atualizado em 29/01/2018 - 15:49
Educação Ambiental no Parque da Cidade - parceria com o Sesc
A atividade destacou a importância de preservar a mata ciliar de nascentes e cursos d’água - Foto: Beto Faria/PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

Um grupo de 25 pessoas participou, nesta sexta-feira (19), da visita à nascente localizada no Parque da Cidade Roberto Burle Marx, na região norte, que integra o Programa Revitalização de Nascentes da Prefeitura de São José dos Campos.

O grupo foi organizado pelo Sesc (Serviço Social do Comércio) como atividade do Projeto Ecologia Urbana, que promove reflexões e vivências para uma sociedade sustentável.

Junto aos educadores da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade, os visitantes participaram de uma caminhada pelo Parque da Cidade para saber mais sobre seu patrimônio histórico, cultural e ambiental e também sobre alguns dos programas de educação ambiental desenvolvidos na cidade.

A visita à área da nascente, que contou com o plantio de mudas nativas, destacou a importância de preservar a mata ciliar de nascentes e cursos d’água para garantir o equilíbrio ambiental e qualidade de vida na zona urbana.

A pequena Esther Dallacqua, de 8 anos, teve a oportunidade de plantar uma árvore pela primeira vez. “Eu gostei muito, aprendi que as plantas ajudam a água a entrar no solo, que não devemos jogar lixo nos rios e lagos e também a não misturar o lixo orgânico com o lixo reciclável”, destacou. Sua mãe Michele Dallacqua, 34 anos, ficou muito contente com a experiência. “As crianças aprendem na escola mas aqui estão tendo a oportunidade de ver, sentir e entender melhor sobre a importância das nascentes”, afirmou.

O autônomo Ralph Valente Reis, 42 anos, fez questão de levar a família, a esposa Karen Rezende, 39, e os filhos Henrique, 10, e Caleb, 6, para um passeio diferente, mais consciente. “Estamos de férias e viemos aprender um pouco mais. Gostamos de saber que dentro do ambiente em que a gente está, em São José, tem tantas áreas verdes e várias nascentes que a gente desconhecia”.  “Também achei importante para plantar a sementinha nas crianças, para que elas conheçam essa outra realidade da cidade, que não é só feita de asfalto e prédios”, destacou Karen.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade