Educação infantil vai ganhar mais quase 4 mil vagas neste ano
Atualizado em 28/02/2018 - 18:49
Creche Pinheirinho dos Palmares
Creche do Pinheirinho, que será entregue neste mês de março, vai gerar 750 vagas - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

As obras de construção e ampliação das escolas da rede de ensino de São José dos Campos deverão gerar 3.880 novas vagas na educação infantil, quase 200 a mais do que já foi gerada pela Prefeitura no ano passado.

Neste primeiro semestre, cerca de 1.000 vagas serão disponibilizadas para as famílias moradoras das regiões leste e sudeste da cidade. Destas, cerca de 750 vagas são para os moradores do Residencial Pinheirinho dos Palmares, na região sudeste. As aulas na nova unidade, que passa por finalização, devem começar em março.

Já na região leste, o bairro Setville Altos de São José receberá uma nova unidade que está em construção. Mais de 200 crianças serão atendidas no local, que é de responsabilidade da Setcorp Empreendimentos, responsável pelo investimento como contrapartida de seu negócio imobiliário.

Outras seis escolas infantis deverão passar por reforma e ampliação durante este ano em toda rede. Na região sul da cidade, as melhorias serão na Emei José Antero Cursino dos Santos, no Jardim Satélite; no IMI Diméia Maria Ferreira Diniz, no Campo dos Alemães; e no NEI Jardim Morumbi. Já na região leste, a Emei Luiz Sundfeld, no Galo Branco; e a IMI Arminda Locatelli de Macedo, na Vila Tesouro serão reformadas; além da Emei Elza Maria Dias Mendonça, no Monte Castelo, região central.

As melhorias realizadas pela Prefeitura incluem ampliação de salas de aula, reformas nos banheiros, refeitórios e áreas de recreação das escolas e readequação dos espaços das unidades.

Melhorias no ensino fundamental

Em toda rede, cerca de 30 escolas já passaram por pintura desde 2017. O serviço de manutenção e pintura está previsto para outras 28 unidades ainda este ano e tem valor estimado de R$ 6,2 milhões. A seleção das escolas que recebem o serviço é feita após avaliação de técnicos da Secretaria de Educação e Cidadania, que visitaram todas as unidades escolares do Ensino Infantil e Ensino Fundamental para verificar as necessidades. O objetivo da pintura é contribuir para que as escolas tenham ambiente limpo e bem conservado para receber os alunos e educadores.

A medida é bem vista por pais e alunos, que consideram importante como motivação para os estudos. A engenheira de sistemas Carla Jaldin é mãe de uma aluna do 7º ano da Emef Mercedes Carnevalli Klein, e aprovou o trabalho de manutenção feito na escola da filha Lindsay Sanchez Jaldin. “Este ambiente dá mais incentivo e prestígio para os próprios alunos, que podem estudar em uma escola com pintura nova, a escola ficou mais bonita e acolhedora”. 

Carla e a filha moram próximo da unidade e contaram que acompanharam o trabalho de pintura realizado no local. “Acho importante essa manutenção porque ajuda na limpeza e higiene da escola, além de nos manter mais concentrados estudando em um lugar organizado. Achei que as cores ficaram lindas”, afirmou Lindsay, de 12 anos. “Para mim, a pintura valoriza nossa escola para as visitas que vem e para nós mesmos, alunos. Um dos lugares que mais gosto de ficar é na Sala de Leitura porque é confortável e está bem bonita”, completou a aluna do 7º ano, Laura Akemi Otsuka.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania