Consórcio da Via Cambuí começa a contratar mão de obra
Atualizado em 01/03/2018 - 11:34
Via Cambuí - Treinamento de Funcionarios
Funcionários recebem os primeiros treinamentos para a maior obra viária de São José dos Campos - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Kelly Linhares
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras

Há menos de um mês da emissão da ordem de serviço pela Prefeitura de São José dos Campos, o consórcio ED, formado pelas empresas Enpavi e DP Barros, já contratou 55 funcionários efetivos para as obras de construção do complexo viário Via Cambuí, eixo de ligação entre as regiões sudeste e leste.
Desde o dia 2 de fevereiro, foram finalizadas também uma série de ações envolvendo montagem dos canteiros de obras central e de apoio, serviços de topografia ao longo do trajeto e mobilização de equipamentos, máquinas e materiais.
Para execução desta primeira etapa, foram selecionados os funcionários que entregaram seus currículos no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT).

Oportunidade de emprego 
Um dos beneficiados com o emprego é Antônio Germano Oliveira Neto. Aos 51 anos, o pedreiro comemora a sua contratação. “Estava há quase dois anos desempregado. Quando recebi a ligação da empresa nem consegui dormir, sou pai de três filhos e agora só tenho a agradecer", afirmou o morador do Jardim Nova Detroit, na região leste.
A Via Cambuí vai gerar mais 200 novas vagas de emprego diretos e cerca de 500 indiretos. Todos admitidos até o momento são moradores de São José dos Campos.

Gestão Ambiental
A Prefeitura já recebeu as licenças ambientais definitivas e necessárias para o empreendimento de interligação. A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) atestou a conformidade do projeto e das obras.
A gestão ambiental das obras da Via Cambuí começa muito antes das máquinas e dos operários chegarem aos canteiros. Um extenso trabalho já vem sendo desenvolvido, com objetivo de estudar, monitorar e preservar a fauna e a flora das regiões que fazem parte do viário.
Além do treinamento com as equipes do consórcio, para auxiliar no monitoramento da fauna existente, estão sendo instaladas armadilhas fotográficas, usadas para capturar possíveis imagens de animais em seus ambientes naturais. O dispositivo é acionado por meio de sensores de movimento e checados pelas equipes a cada três ou cinco dias.

A maior obra viária de São José

Obra: Via Cambuí
Trajeto viário: Rua Engenheiro Ricardo Haussen, no Jardim Uirá (sudeste) até a Avenida Juscelino Kubitscheck, na Vila Industrial (leste), com passagem sobre a Via Dutra, incluindo o prolongamento da Rua Saigiro Nakamura (leste).
Investimentos: R$ 90.397.044,67, financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento)
Tempo de percurso: 7 minutos Velocidade: 80 km/h
Prazo: 20 meses
Geração de empregos: 700 entre diretos e indiretos


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras