Estudantes de medicina participam do projeto Party
20/02/2018 - 09:01
Projeto Party - Hospital Municipal
Estudantes de medicina durante encontro do Party, no Hospital Municipal - Foto: PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

A Prefeitura de São José dos Campos reuniu, na tarde desta segunda-feira (19), cerca de 30 universitários da Humanitas – Faculdade de Ciências Médicas de São José para participar da primeira atividade do Party em 2018. No encontro, realizado no Hospital Municipal, os estudantes receberam orientações sobre como as escolhas irresponsáveis no trânsito podem interferir ou mudar para sempre a história de pessoas e de suas famílias.

A iniciativa, que visa prevenir traumas causados por acidentes de trânsito na juventude, foi aprovada pelos alunos. “Não imaginava que São José dos Campos tinha um trabalho como esse. Gostei muito”, disse a estudante Maria Eugênia Freitas, 20 anos.

“A partir de hoje vou me preocupar muito mais com todos em trânsito, inclusive com quem está me esperando em casa”, afirmou a estudante Nara Maria Chaves, 18 anos.

O grupo de futuros médicos participou de um bate-papo com profissionais da Saúde e da Mobilidade Urbana da Prefeitura, Polícia Militar, por meio do programa Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências), polícias rodoviárias Federal e Estadual.

Além das palestras, os estudantes também participaram de visitas à área de atendimento do Hospital Municipal e ao Centro de Reabilitação Lucy Montoro, onde puderam vivenciar as consequências de um acidente de trânsito com vítimas em tratamento.

“Ver o que acontece é diferente aqui no hospital. É muito impactante. A gente não imaginava”, afirmou a estudante Carolina Maciel, 17 anos.

No fim da atividade, os alunos ainda presenciaram o depoimento de um jovem, vítima de acidente de trânsito, que hoje vive em uma cadeira de rodas em função das lesões.

O programa

O programa Party surgiu no Canadá há mais de 30 anos e está no Brasil desde 2008, quando foi implantado em Ribeirão Preto (SP). A partir daí se expandiu para outras duas cidades paulistas, Sorocaba e Campinas, além de Vitória (ES). Em 2013, o programa tornou-se Party Brasil, vinculado à Sbait (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

São José é a primeira cidade do Vale do Paraíba a integrar o Party Brasil. Lançado no município em junho de 2017, o programa já reuniu mais de 350 estudantes, entre 16 e 18 anos, em oito encontros. Escolas públicas e particulares de São José dos Campos foram contempladas pelas ações coordenadas pela Prefeitura.

Estatística

No ano de 2016, quase 50% das vítimas com traumas de trânsito, encaminhadas ao Hospital Municipal, tinham entre 14 e 29 anos. Em comparação a 2017, os atendimentos às vítimas nesta faixa etária registraram queda de 9%, mas os jovens continuam representando mais de 40% do total das vítimas de trânsito.

GALERIA DE FOTOS
Party

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana