Seminário de Educação Inclusiva reúne 400 estagiários de Pedagogia
Atualizado em 16/02/2018 - 10:13
Seminário de educação inclusiva
Os estudantes de licenciatura aprenderam sobre diferentes tipos de deficiências e as maneiras de interagir e integrar os alunos especiais - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Educação e Cidadania, realizou nesta quinta-feira (15) mais uma formação em Educação Especial para estagiários da rede municipal. O evento contou com cerca de 400 estagiários e aconteceu em dois períodos (manhã e tarde), no Cefe (Centro de Formação do Educador), localizado no Parque da Cidade, em Santana (região norte).

Os estudantes de licenciatura aprenderam sobre diferentes tipos de deficiências e as maneiras de interagir e integrar os alunos especiais com palestras e atividades em grupos. A formação terá continuidade nesta sexta-feira (16).

A ideia do seminário de Educação Especial atende a um pedido dos universitários que acompanham professores e alunos da rede municipal. “Esta foi uma solicitação dos próprios estagiários. Por estarem na escola convivendo diariamente com crianças com deficiência, eles desejam saber como abordar, como trabalhar e interagir melhor com estes alunos”, disse a coordenadora de Educação Especial, Maurem Abreu.

“Entre os estagiários temos os que atendem a Educação Infantil e o Fundamental, não necessariamente eles estão acompanhando alunos com deficiência em sala de aula, mas aqui estão aprendendo todos juntos. A formação específica com estagiários é uma novidade, um momento importante de treinamento e integração de todos com professores e com a equipe gestora”, afirmou a coordenadora.

A novidade agrada aos estudantes de Pedagogia e é vista como uma oportunidade de aprofundamento no aprendizado recebido na faculdade. “Achei muito importante essa formação para aprendermos mais, pois já começamos a trabalhar com alunos integrados. Gostei das explicações sobre as deficiências diferentes, consegui identificar algumas delas na escola e, com este treinamento, espero melhorar na prática”, disse Letícia de Fátima Bazanini Mota, estudante do 3º ano de Pedagogia e estagiária da Emei Doroti da Silva Cunha, no Jardim Santa Inês I, região leste da cidade.

Além da formação teórica sobre inclusão na educação, a experiência prática e o contato com alunos com deficiência contribui na formação humana e marca a vida dos estagiários. “Momentos como esse nos dão a base para sabermos como lidar com os alunos no dia a dia e o trabalho com essas crianças ajuda a gente a ser alguém muito melhor. Eles têm muito amor e oferecem tudo para a gente, todos eles são muito especiais”, disse Jéssica Pollyanna Ribeiro dos Santos, estudante do 2º ano de Pedagogia e estagiária da Emei Ladiel Benedito de Carvalho, no Parque Interlagos, região sul.

Esta é a segunda turma que participa do seminário de educação inclusiva, outro grupo, também com cerca de 400 estagiários, recebeu formação no Centro de Educação Empreendedora (Cedemp), no início de fevereiro. Atualmente a rede municipal atende cerca de 800 alunos com deficiência ou transtorno global do desenvolvimento.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania