Vacinação em residência segue nas regiões próximas à mata
Atualizado em 01/02/2018 - 20:41
UBS do Cajuru - Campos de São José Vacinação de casa em casa
Vacinação de casa em casa foi realizada nesta quinta na região do Cajuru - Foto: Beto Faria/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A vacinação de casa em casa contra a febre amarela prossegue nesta sexta-feira (2) em várias regiões periféricas de São José dos Campos, próximas às áreas de mata. As ações estão programadas para os bairros Jaguari, Pinheirinho dos Palmares, Recanto São João/Bonsucesso e Campos de São José/Cajuru.

No sábado (3), além da abertura das 40 UBSs das 8h às 17h, também haverá posto de vacinação fixo na Associação Cultural Educacional Madre Tereza, estrada do Jaguari, 11.500, que fica próximo ao corredor ecológico, na região norte.

Nesta semana a campanha de vacinação fracionada contra a febre amarela ganhou a adesão de empresas e hospitais privados de São José dos Campos, como General Motors, Johnson, CTA, Hospital Antoninho da Rocha Marmo, CVV-Francisca Júlia, Hospital Pio XII, Hospital Pró-Infância, Hospital do GACC, Hospital Vivalle, Hospital São José, Santa Casa, Hospital Policlin e SPDM-Hospital Municipal.

A vacinação ocorrerá a partir de segunda-feira (5), dentro dos próprios estabelecimentos, exclusiva para seus funcionários. A exceção é a Univap (Universidade do Vale do Paraíba), que vacinará alunos, funcionários e a comunidade do bairro Urbanova, das 8h às 17h e das 18h às 21h, de segunda a sexta-feira.

O objetivo da nova estratégia é compartilhar recursos e imunizar o maior número possível de pessoas contra a febre amarela.

Nesta sexta (2) também haverá vacinação destinada aos servidores da Prefeitura e da Câmara Municipal. O atendimento será das 8h às 17h, no centro de convivência do Paço Municipal.

Investigação

Até o momento, a Prefeitura registrou a morte de três macacos em janeiro encontrados próximos à mata. Os tecidos dos órgãos dos animais foram retirados pela equipe do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e enviados ao Instituto Adolfo Lutz, para que seja confirmada ou descartada a morte por febre amarela. Não há prazo para entrega do resultado.

Os macacos foram localizados na estrada dos Tamoios (região sudeste), na estrada do Cajuru (leste) e na estrada Sá Flor, no Recanto São João, próximo ao bairro Bonsucesso (região norte). Todos os locais onde os primatas foram encontrados são próximos ao chamado corredor ecológico.

Em todas essas regiões, a Prefeitura está realizando vacinação de casa em casa e ações de bloqueio, como nebulização das residências próximas onde o macacos foram encontrados.

A orientação da Prefeitura, em caso da ocorrência de um macaco encontrado morto ou que aparente estar doente, caído, prostrado ou cambaleante, é comunicar imediatamente o Centro de Controle de Zoonoses, pelo telefone 3931-2292, 3934-4923 ou 156.

Assim como os seres humanos, os macacos são vítimas da febre amarela. O aparecimento de animais mortos é um sinal de alerta de que o vírus está circulando na região de mata, portanto, um aviso para que ações de prevenção sejam tomadas para evitar que as pessoas sejam contaminadas.

Balanço

Nesta quinta-feira (1º), foram vacinadas 9.942 pessoas, sendo que 9.629 receberam a dose fracionada e 313 a dose padrão. O total de imunizados em 8 dias de campanha é de 156.135 pessoas. A campanha prossegue nesta sexta nas 40 UBSs, das 7h às 17h. No sábado (3), as unidades estarão abertas das 8h às 17h. 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde