Com dois veículos, serviço de guincho Mão na Roda atende mais de 1.400 ocorrências em 2018
Atualizado em 31/12/2018 - 07:53
Mão na Roda 02 03 2018
Com dois guinchos, atendimento foi ampliado em 32% de março a dezembro de 2018, em relação ao mesmo período do ano anterior - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

O serviço de atendimento a automóveis quebrados no Anel Viário e nos principais corredores da cidade, rebocou neste ano um número considerável de veículos, comparado aos anos anteriores. O aumento se deve especialmente a um novo caminhão incorporado à frota, em março. Isto, com o objetivo de atender mais e melhor os condutores com problemas nas vias de São José dos Campos.

Durante o ano de 2017, o “Mão na Roda” fez 956 atendimentos. Considerando as ocorrências atendidas de março a dezembro de 2018, período que já contava com a atuação do novo caminhão, o número de reboques chegou a 1.188, contra 809 em 2017, o que representa um aumento de 32% no número de auxílios prestados aos condutores neste ano.

Além de ampliar o volume de atendimentos, o novo guincho também trouxe um diferencial no que se refere ao tamanho e capacidade, possibilitando o reboque de ônibus e caminhões, tipos de veículos até então não contemplados pelo serviço municipal.

Horário de estendido

Em dezembro, a Prefeitura de São José dos Campos também ampliou o horário de atendimento do serviço de guincho. Quem precisa rebocar o carro nas principais vias, agora conta o auxílio das 6h às 23h. Anteriormente, o serviço só era oferecido das 7h às 19h.

Serviço

O “Mão na Roda” está à disposição para auxiliar os motoristas de segunda a sexta-feira. Fora deste período, o serviço também funciona inclusive aos fins de semana. Caso o veículo esteja interferindo na segurança ou prejudicando a fluidez do trânsito, basta acionar Central 156 ou 190.

O monitoramento é feito pelas câmeras no Centro de Controle Operacional de Trânsito, que permite identificar situações de risco ocasionadas por carros danificados parados na via.
Detectado o risco, o guincho retira o veículo da via e leva para local seguro para que o proprietário possa contatar sua seguradora ou um guincho particular.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana