Com todos os contratos assinados, 588 famílias já preparam mudança para o Limoeiro
Atualizado em 19/12/2018 - 14:47
2º Dia - Famílias do Mirante do Limoeiro I e II assinam contratos. Foto- Claudio Vieira/PMSJC. 19-12-2018
Zora está feliz com o novo lar para ela e os meninos: Luiz Henrique e Wesley - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Cláudio Ribeiro
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras

Com apoio da Prefeitura de São José dos Campos, a Caixa Econômica Federal concluiu nesta quarta-feira (19) a assinatura dos contratos com os moradores do Residencial Mirante do Limoeiro I e II, na região oeste da cidade. As 300 famílias foram atendidas no Cefe (Centro de Formação do Educador), em Santana.

Elas se somam às outras 288 que assinaram o documento na terça-feira (18) e vão receber as chaves dos apartamentos na sexta-feira (21), em evento da Caixa.

No novo local de residência, as 588 famílias terão toda a infraestrutura de serviços públicos oferecidos pela Prefeitura. A região dispõe de escola municipal e unidade básica de saúde com o programa UBS Resolve, além de núcleo da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) para atendimento a crianças e adolescentes. Também haverá ampliação dos horários do transporte coletivo para suprir a demanda dos futuros moradores.

Maria da Conceição Silva não vê a hora para entrar na nova casa com a filha, Alexandra, e já encaixotou a maior parte da mudança. “É uma alegria tão grande assinar uma coisa que é sua, registradinha, tudo direitinho”. Aos 59 anos, completados no dia 7, ela faz questão de agradecer pela conquista da moradia própria. “É um presente de aniversário e de Natal. O apartamento é chique”.

Quem também vai dar adeus ao aluguel é Zora Ionara Santos Oliveira. Depois de 7 anos no Vale do Sol – e mais 6 em bairros anteriores – pagando um dinheiro que não volta, ela agora terá tranquilidade como dona do imóvel onde vai morar com os dois filhos: Luiz Henrique, de 12 anos, e Wesley, com 1 ano e 4 meses. “Estou muito feliz e sei que vai ser bom para as crianças”.

A definição dos beneficiários do empreendimento segue os critérios da faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, cuja renda familiar máxima é de R$ 1.800. A lista de moradores habilitados pela Caixa está disponível no site da Prefeitura.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras