Prefeitura implanta pomar de árvores nativas no Jardim Diamante
Atualizado em 12/12/2018 - 18:23
Plantio de Árvores Frutíferas na Praça Dolores Santos Ribeiro  27 03 2018
O projeto Pomares Nativos Educativos resgata o contato com árvores frutíferas típicas na nossa região - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

Nesta quinta-feira (13), às 9 horas, a Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade, realiza a implantação do 4º bosque do Projeto “Pomares Nativos Educativos” na região da Praça João Batista Peneluppi, no Jardim Diamante.

O evento está sendo realizado em parceria com o projeto Ecomuseu+ e a comunidade local.

Durante o evento será realizado o plantio de 30 mudas frutíferas, típicas da Mata Atlântica e Cerrado, tais como Araçá, Cereja-do-Rio-Grande, Pitanga, Cambuci, Goiaba, Jabuticaba, entre outras.

A implantação do pomar no Jardim Diamante é um anseio da comunidade que participa do projeto do Ecomuseu+, que promove ações de preservação ambiental no bairro.

A assessoria de educação ambiental da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade e Assessoria de Parque e Áreas Verdes, bem como a equipe da Secretaria de Manutenção da Cidade estarão presente no local para dar suporte ao plantio. A Prefeitura reforça o convite a todos os moradores da região para participarem da ação.

Projeto Pomares Nativos

O projeto “Pomares Nativos Educativos” visa constituir, em vários bairros, pomares com espécies dos biomas locais da Mata Atlântica e Cerrado, resgatando o contato das pessoas com as árvores que produzem frutos, educando as crianças sobre a importância dessas espécies para a dinâmica ambiental local e contribuindo assim para o equilíbrio ambiental na cidade.

Neste ano, a Prefeitura já realizou a implantação destes bosques no Jardim Satélite, Jardim Esplanada e no Parque Municipal de São Francisco Xavier.

Ecomuseu+

O Projeto Ecomuseu+ é uma realização do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP) que conta com patrocínio da Petrobras e do Governo Federal. O projeto existe desde 2015 no Campos de São José, na região leste, e este ano foi ampliado para outros bairros. Ele consiste na mobilização da comunidade local para valorização de seu patrimônio ambiental, cultural e imaterial, com a articulação de diversas ações em prol do território, como plantio de árvores, cultivo de hortas comunitárias, ações culturais, entre outras.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade