Fundhas entra no clima natalino com atividades diferenciadas
Atualizado em 07/12/2018 - 18:45
Dom Pedro - Natal Leroy
A foto com o Papai Noel é sempre um dos momentos mais aguardados pelas crianças - Foto: Divulgação

Paula Pessoa
Fundhas

O Natal já está chegando. Crianças e adolescentes da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) entraram no clima de comemoração nesta sexta-feira (7). Até o dia 14, mais de 2.300 alunos da instituição vão participar de uma programação repleta de apresentações culturais, brinquedos infláveis, guloseimas, entre outras opções.

No primeiro dia, a garotada não se desanimou com o friozinho e se divertiu durante todo o dia. Cinco unidades ofereceram peças teatrais para os alunos em dois períodos (manhã e tarde).

A atividade é uma parceria entre a Fundhas e a Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Além do teatro, os locais tiveram concerto de música, brinquedos infláveis, oficinas artísticas e almoço com cardápio especial. 

No Parque Industrial, os alunos se divertiram com a peça Na Beirada do Rio. O espetáculo mergulha no folclore do Vale do Paraíba, fonte abundante de vida e inspiração com as personagens Fauna e Flora. “Para a gente não tem alegria melhor do que poder compartilhar nosso espetáculo, que tem histórias populares e lendas com um jeitinho mais caipira, mais Vale do Paraíba”, comentou a atriz Daniele Majzoub. "Reforçarmos a importância e o respeito pela região e a natureza local. E o olhar das crianças é de encantamento."

“É muito legal estar num lugar que tem esse trabalho social com as crianças", disse a também atriz Jessica Lane. "A gente sabe o quanto é importante valorizar isso e trazer cultura. Tenho o sentimento de estar plantando uma sementinha.”

A colaboração reforça o objetivo da Fundhas de favorecer o desenvolvimento físico, intelectual, afetivo, cultural, recreativo e social dos atendidos, por meio das ações culturais e artísticas. Segundo a educadora Isa Rubiana, as peças teatrais complemento todo trabalho realizado voltado à arte e cultura. “Temos várias vivencias com a arte, mas a fundação traz bem mais e toda forma de arte é válida."

A iniciativa tem dado resultado e agradado o público, que tira lições de cada peça apresentada. “Elas são boas atrizes e nos ensinaram que temos que cuidar da natureza”, disse a aluna Salete Jacinto Toledo, 9 anos.

Já na unidade Dom Pedro o dia festivo começou cedo e teve comida gostosa e presentes entregues pelo Papai Noel. A atividade foi realizada graças a uma parceria com uma empresa de materiais de construção. As crianças se encantaram pelas bolas de futebol, bonecas e fones de ouvido recebidas do bom velhinho e encerraram a manhã com um almoço especial.

“Eu queria ganhar uma boneca e ganhei, gostei muito porque ela é bonita”, comentou Ana Clara do Nascimento Silva, 7 anos. O colega Samuel Joaquim Martins dos Santos, da mesma idade, não cabia em si de animação por ter recebido o presente de Natal adiantado. “Achei uma beleza porque eu nunca tinha ganhado um fone de ouvido. Fiquei muito feliz porque era justamente o que eu tinha pedido.”

Para Wesley Camilo Martins, 15 anos, a solidariedade da época chega a emocionar. “Eles nos surpreenderam de um jeito diferente. É um gesto muito carinhoso e gentil fazer tudo isso para nós. Eu fico muito emocionado com o Natal.”


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas