Desfile da Fundhas em Eugênio de Melo vai homenagear jequitibá
Atualizado em 30/08/2018 - 19:42
Eugênio de Melo - Preparativos Desfile aniversário Distrito
Os alunos da unidade local vão participar do evento cívico em comemoração ao aniversário do distrito - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Fundhas

Crianças e adolescentes da Fundhas se preparam para o desfile cívico em comemoração aos 141 anos de Eugênio de Melo, que será realizado neste domingo (2), às 9h30, na Avenida Ambrósio Molina. Eles são alunos da unidade do distrito e vão homenagear o jequitibá-rosa, cartão postal da localidade.

Cerca de 120 representantes da instituição estarão no bloco da instituição, entre alunos, professores e profissionais da unidade de Eugênio de Melo. Também fazem parte do grupo os integrantes da fanfarra, projeto desenvolvido no núcleo do Jardim Paulista.

Em todos os anos, a participação no desfile envolve os alunos e a comunidade de forma significativa. Essa proximidade reforça a importância dos símbolos naturais e culturais do distrito, como o artesanato típico, os cavaleiros e o jequitibá.

A homenagem à árvore centenária surgiu após pesquisas e estudos feitos nas atividades de meio ambiente e desenvolvimento sustentável. Essa área busca oferecer conhecimentos que promovam a transformação de hábitos e atitudes responsáveis em benefício da preservação ambiental, do consumo consciente e da qualidade de vida.

Alunos e professores vão também fazer uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, cuja vida e obras são temas da gincana Power Games deste semestre, uma proposta pedagógica inovadora da instituição. Além do desfile, a programação de aniversário, que começou na terça-feira (28) e segue no fim de semana, terá apresentação de música, missa, feira de artesanato e área de alimentação.

Com a palavra

“Percebemos o desenvolvimento das crianças no dia a dia. Aprendem na prática a dividir, compartilhar, conviver e respeitar opiniões diferentes. E na questão ambiental trabalhamos a reutilização de materiais e o não desperdício. Com a homenagem ao jequitibá, buscamos passar aos alunos a importância de valorizar toda forma de natureza. É muito gratificante ver o brilho no olhar dos alunos, ver que eles gostam do que fazem e querem aprender. Isso gera um impacto positivo na formação de todos.”

Frank Hernane Gomes
Professor

“Acho muito legal estes preparativos. É um jeito diferente da gente aprender. O jequitibá é um símbolo importante. Tem mais que a idade do Brasil, sobreviveu a um incêndio e é parte da natureza que temos que cuidar, porque nos dá oxigênio.”

Kaique Mantovani Brito
Aluno

“Espero que o desfile seja bonito. Vamos mostrar que é importante cuidar da natureza, que nos dá a vida. Sem ela, não temos água, oxigênio nem alimentos. Gosto muito das aulas de artes e meio ambiente porque aprendo do jeito que mais gosto: desenhando, pintando e mexendo com as plantas.”

Letícia Silva Lima
Aluna

Grande herói

Com idade em torno de 500 anos, o jequitibá-rosa de Eugênio de Melo possivelmente já existia antes do descobrimento do Brasil. A árvore da família das lecitidáceas esteve presente na paisagem joseense durante os ciclos de desenvolvimento do município. Ao longo do tempo, também sofreu lesões por vandalismo, queimada ou falta de cuidados. Chegou até a ser alvo de testes de resistência com tanques de guerra.

Mas a árvore continua de pé. O último incêndio, em abril do ano passado, tentou derrubá-la, mas não atingiu profundamente o tecido vivo. A Prefeitura, com apoio da sociedade, atuou rapidamente e vem revertendo os danos.


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas