São José assina o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia
Atualizado em 21/08/2018 - 17:46
Raio  15 03 2018
O município se compromete com a maior coalizão de líderes municipais que lidam com as mudanças climáticas no mundo - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

Nesta terça-feira (21), a Prefeitura de São José dos Campos comprometeu-se com a Pacto Mundial de Prefeitos pelo Clima e a Energia. Trata-se de uma coalizão global de líderes municipais dedicada a reduzir emissões de gases de efeito estufa, tornando as comunidades mais resistentes às mudanças climáticas.

A assinatura do documento ocorreu durante a abertura do Workshop Mover – Mobilização para Ordenação e Viabilização de Espaços Urbanos Resilientes. Realizado pela Prefeitura em parceria com o Cemanden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), o evento será realizado até quinta-feira (23), no Cefe (Centro de Formação do Educador).

Ao participar do Pacto Global de Prefeitos, São José reforça o compromisso com a ação climática, avaliando as emissões de gases de efeito estufa e as consequências atuais das mudanças climáticas em âmbito local. A ideia é criar um plano de ação com objetivos de reduzir as emissões e implementar um sistema comum para monitorar riscos climáticos.

Na cerimônia, representantes da Prefeitura destacaram algumas ações já alinhadas com o pacto. Entre os exemplos, estão os trabalhos em andamento para a construção da Política Municipal de Adaptação e Mitigação às Mudanças Climáticas. Outros instrumentos de planejamento e gestão estão sendo elaborados, como o Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável e o Plano de Macrodrenagem.

Além de ações pioneiras e inovadoras, como a adoção de uma frota 100% elétrica para a Guarda Civil Municipal, a Prefeitura contratou um sistema de monitoramento por satélite que detecta intervenções irregulares em áreas de risco e ambientalmente protegidas. A captação do gás metano emitida no aterro sanitário, que ocorre desde 2006, agora passará a gerar energia.

O Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia reúne formalmente o Covenant of Mayors e o Compact of Mayors da União Europeia. São as duas principais iniciativas globais de cidades e governos locais para promover a transição para uma economia de baixas emissões e resiliente ao clima. Mais de 7.400 cidades de 119 países em 6 continentes participam da coalizão, representando cerca de 684 milhões de pessoas (9,31% da população mundial).


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade