Centenário de nascimento de Chico Triste é comemorado com exposição
Atualizado em 15/08/2018 - 16:41
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Caricatura de Chico Triste, de autoria do cartunista Zeco Rodrigues, que fará parte da exposição - Arte: Divulgação - Foto: PMSJC

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo abre na próxima quarta-feira (22), às 19h30, no Museu Municipal de São José dos Campos, a exposição temporária ‘Chico Triste em Primeira Pessoa’, em comemoração ao centenário de nascimento do professor, jornalista, escritor e folclorista Francisco Pereira da Silva, o Chico Triste, como ficou conhecido no Vale do Paraíba.

A exposição tem curadoria da jornalista e mestranda em Museologia Pércila Márcia, de São José dos Campos, e ficará aberta até o dia 6 de outubro, podendo ser visitada de terça a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h. Agendamentos de grupos podem ser feitos pelo telefone 3921-7587 ou pelo e-mail educativomm@fccr.sp.gov.br. A entrada é gratuita.

“A intenção é apresentar o olhar de Chico Triste sobre a cultura popular no Vale do Paraíba paulista, tendo como fio condutor seus apontamentos sobre capoeira, calango e danças piraquaras, reconstruindo a trajetória de um dos mais importantes folcloristas da região”, explicou Pércila Márcia. “Ao valorizarmos o patrimônio humano da cidade, estamos contribuindo para a preservação da sua memória”.

Detalhes

A mostra reunirá trechos de dois livros publicados por Chico Triste na década de 1970 (Desafio Calangueado e Itinerários da Capoeira) e de uma pesquisa sobre Danças Piraquaras, realizada por ele na mesma época. Todo o material será ampliado e adesivado diretamente na parede da sala de exposição.

Também integram a exposição trabalhos do cartunista Zeco Rodrigues, de São José dos Campos, que produziu uma releitura de algumas ilustrações feitas por artistas da época, nos livros pesquisados pela curadora. Elas poderão ser apreciadas na parede da sala de exposição e em dois painéis, juntamente com uma caricatura de Chico Triste, produzida pelo cartunista.

Perfil

Nascido em 1918 no Estado de Sergipe, Chico Triste destacou-se como folclorista, atuando na área cultural de São José dos Campos, como pesquisador e escritor. Como jornalista, Chico Triste fundou o jornal Valeparaibano, foi editor do Anuário Caçapavense, fundador do semanário Roteiro de Caçapava, redator do jornal Diário da Manhã, cronista do jornal Agora, entre outros jornais.

Chico Triste também fundou a Biblioteca Pública Edgard Pontes, de Caçapava, e o Instituto Histórico e Geográfico, de Ubatuba. Foi membro do Conselho Municipal de Cultura de São José, da Sociedade Joseense de Cultura, da Comissão Paulista de Folclore da UNESCO/ONU e da Associação Brasileira de Folclore. Faleceu no dia 10 de março de 1981, em São José dos Campos.

 

Museu Municipal de SJC

Praça Afonso Pena, 29 – Centro

(12) 3921-7587


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo