Após melhorias, PEV’s recebem 85 mil ton de resíduos em 18 meses
15/08/2018 - 14:14
Pev no bairro jardim Copacabana na zona leste
Os 12 PEV´s da cidade receberam 85 mil toneladas de entulhos e lixo desde janeiro de 2017 - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Manutenção da Cidade

As melhorias implementadas pela atual Administração nos 12 PEV’s (Pontos de Entrega Voluntária de Resíduos) foram aprovadas pela população e contribuíram para a ampliação do atendimento, resultando no recolhimento de 28.923,5 toneladas de resíduos de entulho e lixo no primeiro semestre deste ano.

O bom resultado representa um aumento de 9% na comparação com o mesmo período de 2017, quando foram entregues 26.537,5 toneladas.

De janeiro a junho de 2018, foram retiradas das unidades 5.887 caçambas, 736 a mais do que no mesmo período de 2017 (aumento de 14%), contendo entulho, madeira, resto de poda, gesso e amianto.

Também foram entregues no primeiro semestre deste ano um total de 62.540 produtos, incluindo sofás, TVs, móveis, colchões, eletroeletrônicos, lâmpadas, pneus e pilhas, entre outros.

Nos 18 primeiros meses da atual Administração, foram recebidas 85.131 toneladas de resíduos de entulho e lixo.

Melhorias

A abertura das unidades também aos domingos, medida adotada em novembro último, foi o principal fator para aumento do número de frequentadores.

A atual Administração realizou diversas melhorias nos 12 PEV’s. Com a ampliação do horário de funcionamento, os munícipes agora podem levar os resíduos de entulhos às unidades todos os dias da semana, evitando o acúmulo dentro das residências.

Desde o início de 2017, os PEV’s foram reestruturados, a gestão foi incrementada e o serviço e o atendimento à população foram aprimorados.

Para liberar para uso da população, a Secretaria de Manutenção da Cidade realizou em 2017 a limpeza das caçambas, dando a destinação correta para os materiais.

No trabalho de ampliação do combate ao descarte irregular de lixo também foram fechados 17 entulhódromos nas zonas sul, leste e sudeste.

A Prefeitura orienta os munícipes a fazerem a destinação correta de lixo reciclável e entulho no PEV mais próximo de suas residências. O descarte de entulho em terrenos ou ruas pode acarretar multas de até R$ 15 mil (lei municipal 7815/09 e lei municipal 8206/10).

Vida facilitada

O PEV é parte de um sistema integrado de gestão de resíduos da construção civil e é voltado para os pequenos geradores, usuários domésticos que produzem até um metro cúbico de resíduos (equivalente a uma caçamba de um pequeno utilitário).

As unidades facilitam o dia a dia da população, contribuindo para que os resíduos de construções e de podas e capinas não sejam jogados na beira de córregos, em áreas verdes e outros terrenos da cidade, evitando a poluição e a contaminação do solo.

A operacionalização é realizada pela Secretaria de Manutenção da Cidade, que recebe, separa, armazena e promove a destinação ambientalmente adequada dos resíduos.

Novos PEV’s

Além das melhorias, a Prefeitura também está implantando novas unidades, atendendo compromisso assumido com a população através do Plano de Gestão.

As obras do PEV do Jardim Santa Luzia, o 13º da cidade, o primeiro da zona sudeste, foram intensificadas e já estão na fase final. A previsão é de que abertura à população seja realizada até o final deste mês.

Também neste ano deverá estar à disposição dos munícipes uma unidade no distrito de São Francisco Xavier.

Sustentabilidade

O PEV do Santa Luzia está sendo construído e implantado com conceitos inovadores do ponto de vista ambiental. O Eco-PEV será uma instalação modelo de sustentabilidade, incluindo parede de solo-cimento, sistemas de captação de água de chuva, teto verde, tratamento sustentável de águas residuais e jardins de chuva, entre outros mecanismos. 

No espaço, haverá também um galpão para práticas de educação ambiental com a comunidade, incluindo oficinas de reutilização de materiais recicláveis, compostagem e princípios de carpintaria.

O objetivo é que, além de receber materiais descartados, seja referência de boas práticas ambientais para a comunidade local mostrando que praticamente tudo pode ser reaproveitado, agregando valor aos materiais e evitando-se impactos ambientais. 

Os demais PEV's que forem implantados, como o de São Francisco, também adotarão este modelo de sustentabilidade.

Funcionamento dos PEV

Horários:

- De segunda-feira a sábado, das 8h às 17h

- Aos domingo, das 8h às 12h

- Em geral, não abre nos feriados

 

Locais:

Zona Sul:

- Campo dos Alemães (avenida dos Evangélicos, 601)

- Dom Pedro 2º (rua Trinta e Sete, 130)

- Residencial Gazzo (rua Arcilio Moreira da Silva, ao lado do cemitério Colonia Paraíso)

- 31 de Março (rua Guidoval, 100)

- Jardim Satélite (rua Estrela Dalva, 135)

- Parque Interlagos (rua Ubirajara Raimundo de Souza, 21)

 

Zona Leste:

- Galo Branco (avenida Benedito Luiz de Medeiros, 811)

- Parque Novo Horizonte (rua dos Topógrafos, esquina com avenida Tancredo Neves)

- Jardim Copacabana (rua Charles Diamond, em frente à praça Joaquim Figueira de Andrade)

 

Zona Norte:

- Altos de Santana (avenida Alto do Rio Doce, 1075, ao lado da Escola Municipal Vera Babo de Oliveira)

- Vila Jaci (rua Xavantes, 367)

 

Região Central:

- Martins Pereira (rua Ana Gonçalves da Cunha, 370, ao lado do estádio)

 

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Manutenção da Cidade