Alunos e funcionários do Cephas recebem ex-engenheiro da Nasa
Atualizado em 15/08/2018 - 15:59
Visita do cientista da Nasa ao Cephas
Ex-engenheiro Gabe Gabrielle, da Nasa, a agência norte-americana de aeronáutica faz selfie com alunos do Cephas - Foto: Divulgação

Paula Pessoa
Fundhas

“Ao Infinito e Além” foi o tema da palestra realizada nesta terça-feira (14) aos alunos, professores e funcionários do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza), ministrada por Gabe Gabrielle, ex-engenheiro da Nasa, a agência norte-americana de aeronáutica e espaço. Com bom humor e sensibilidade, Gabe compartilhou experiências de sua trajetória pessoal e profissional motivando os presentes a ‘não desistirem de seus sonhos’.

O Teatro Municipal, no Centro de São José dos Campos, ficou cheio durante a noite de evento. Cerca de 250 alunos do Cephas, além de profissionais da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) e comunidade se reuniram para ouvir sobre lançamentos de ônibus espaciais, a vida dos astronautas na estação espacial e o futuro das viagens interplanetárias.

Além das curiosidades sobre os trabalhos da Nasa, o engenheiro, que já trabalhou como chapeiro em uma rede de lanchonetes americana e levou cerca de 30 anos entre a conclusão da escola até a entrada na agência espacial, compartilhou com o público exemplos inspiradores. 

“É simples, tenho apenas três regras: faça o seu melhor, goste do que você faz (e se divirta com isto) e acredite em você. Todos somos capazes de realizar os nossos sonhos, todo poder está na nossa mente e não podemos desistir de viver estes sonhos”, afirmou Gabe.

“O Brasil é um país incrível, as pessoas são acolhedoras e carinhosas, estou feliz em estar aqui hoje e ter visitado o Cephas, que é uma escola mágica, onde os alunos têm boas oportunidades para realizarem sonhos”, disse o palestrante.

Visita especial

Antes do evento, Gabrielle conheceu as instalações do Cephas e do Parque Tecnológico e conversou com alunos e professores nas salas de aulas, laboratórios e oficinas sobre sua trajetória.

A estudante de Administração, Vitoria Toledo, de 21 anos, que é ex-aluna do Cephas e atua como voluntária no time de robótica Cephatron, destaca a experiência de ter acompanhado a visita de Gabrielle auxiliando como tradutora.

“Essa experiência é incrível, é a primeira vez que tenho que acompanhar alguém e traduzir, está sendo divertido e muito interessante. A fala dele sobre nunca desistir e sempre aprender com os erros, dando tempo ao tempo para fazer com perfeição é motivadora, estou muito animada”, contou.

“O Cephatron me possibilitou um grande crescimento pessoal, eu tinha muita dificuldade na comunicação, mas fui desenvolvendo isso, pois precisei realizar apresentações sobre robótica e nosso objetivo de levar a ciência e a tecnologia para despertar interesse nos estudos. Além das experiências de ter conhecido e convivido com outras pessoas, ter viajado e conhecido os Estados Unidos com o time, isso valeu muito para mim, sou grata”, destacou Vitória.

Para Mayara Tavares, de 19 anos, aluna do 3º módulo de Enfermagem do Cephas, a visita chegou em boa hora. “Comecei o dia de hoje com uma prova na aula, estava tensa, mas ele chegou e falou sobre manter a calma e se divertir na vida e nos estudos, isto veio de encontro ao que eu sentia e precisava ouvir. Gosto muito da Enfermagem, quero me formar no técnico e continuar me aprofundando nos estudos, pois vejo como um privilégio, então, quero aproveitar todas as oportunidades que tiver”, comentou.

“Ele trouxe conhecimento para a gente e a mensagem de que devemos acreditar que podemos crescer. Busco crescer na carreira também, ouvir alguém como ele é um exemplo e tanto”, disse Gabriel Joas Sanches, de 17 anos, do 3º módulo de Mecânica.

O colega de turma de Gabriel, Leonardo Nascimento, também de 17 anos, concorda e completa: “Devemos sempre acreditar e ir além de nossos limites, desejo fazer o meu melhor e entrar na indústria automotiva. E, claro, quero ser feliz, podemos dar nosso melhor e ser feliz”.

Sobre o palestrante Gabe Gabrielle

  • Ex-diretor de Engenharia do Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos Estados Unidos
  • Ex-engenheiro do Centro Espacial Kennedy pela Nasa
  • Ganhador do prêmio Ray Lien de Excelência em Educação Aeroespacial pela Central Florida Aerospace Academy em 2016
  • De 2007 a 2018, visitou 355 escolas nos Estados Unidos e falou para mais de 58 mil alunos
  • No exterior, visitou 185 escolas de 2008 a 2018 e entrou em contato com mais de 44 mil estudantes em países como Noruega, Dinamarca, Alemanha, Brasil e Cingapura

 

Colaborou: Jornalista Luiz Fischer


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas