Famílias da rua Antônio Aleixo recebem título de propriedade
Atualizado em 10/08/2018 - 15:25
Entrega de Títulos de Posse na comunidade da Rua Aleixo, na zona sul. Foto: Claudio Vieira/PMSJC. 09-08-2018
Alegria e emoção marcaram a entrega dos documentos do registro oficial dos imóveis - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Cláudio Ribeiro
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras

Chegou ao fim o processo de regularização fundiária do lado direito da rua Antônio Aleixo, no Jardim Satélite (região sul). Depois de mais de 40 anos de luta e perseverança, os moradores receberam o título de propriedade.

Representantes da Prefeitura de São José dos Campos entregaram os documentos do registro definitivo dos imóveis aos 13 proprietários na noite de quinta-feira (9), durante reunião na comunidade. No total, cerca de 20 famílias foram beneficiadas. Outros dois lotes ainda estão com pendências e aguardam o deferimento.

Ao ser anunciada a boa notícia, os presentes exultaram de alegria e emoção. Aplausos e sorrisos tomaram conta do ambiente. Chegava ao fim a angústia de idas e vindas, incertezas e desilusões.

Uma das líderes da comunidade, a professora Sandra Sobrinho quase chegou às lágrimas. “As pessoas me questionavam se daria certo. A gente sabia que o desafio era grande. De verdade, quero comemorar com a comunidade e também agradecer”. Ela exaltou a dedicação dos servidores da Prefeitura, que se debruçaram sobre o processo e, em pouco mais de um ano, conseguiram solucionar o caso que se arrastava por décadas.

Sandra ressaltou que a conquista do título de propriedade traz o sentimento de dignidade aos moradores da rua Antônio Aleixo, que compraram os terrenos e pagaram corretamente. “Vamos fazer desse pedaço o mais bonito de São José, com atitude e qualidade de vida. Quando se é dono do imóvel, se pode fazer muita coisa”.

Um momento emocionante ocorreu na entrega do título para Maria Noemia Sobrinho, mãe de Sandra, que completou 83 anos no dia anterior. Ela recebeu o documento em casa porque não pôde se deslocar ao local do encontro, na residência da moradora Romona Ribas.

Foi a própria Sandra quem entregou o presente tão esperado. “Mãe, a senhora sabe o que é isso? É o documento da sua casa”. Dona Noêmia ficou muito feliz e buscou na fé as palavras de agradecimento. “Que Deus abençoe!”.

Já a amiga Ramona, surpresa com o título de propriedade em mãos, estava sem saber o que dizer. “A ficha ainda não caiu. Sei que depois vou chorar com esse papel, mas vai ser de felicidade”.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Gestão Habitacional e Obras