Evento do Acessuas Trabalho reuniu mais de 200 pessoas nesta sexta
Atualizado em 03/08/2018 - 18:42
Evento ACESSUAS Trabalho. Foto: Claudio Vieira/PMSJC. 03-08-2018
Exposição dos trabalhos realizados nas oficinas do Acessuas Trabalho - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Mais de 200 pessoas estiveram presentes, nesta sexta-feira (3), no Cefe (Centro de Formação do Educador) para conferir de perto o resultado das primeiras oficinas deste ano, que acontecem nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e Creas (Centro de Referência Especializado) desde o mês de abril na cidade. Esses cursos fazem parte do Acessuas Trabalho (Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho), coordenado pela Secretaria de Apoio Social ao Cidadão.

Além da exposição dos trabalhos de artesanato, confeccionados pelos usuários dos Cras e Creas, as crianças atendidas também participaram do evento com apresentações de dança e teatro, enfatizando a importância do respeito e o direito de viverem uma infância saudável.

O objetivo dessas oficinas é promover a troca de experiências entre os participantes dos cursos, proporcionando a inserção e autonomia do indivíduo para que retorne ao mercado de trabalho.

“Quando fui atendida no Cras e fiquei sabendo da oficina, me interessei e logo comecei. Hoje estou muito feliz com essa oportunidade. Aprendi a fazer vaso, porta-moedas, porta-joias... Essa é uma oportunidade de aprender e quem sabe ajudar na renda de casa”, disse Sueli Rosendo de Oliveira, 45 anos, moradora da Vila Nair.

Para Solange Lopes Galdino, 44 anos, moradora do Jardim Nova Esperança, desempregada, a oficina é uma oportunidade de entrar no mercado de trabalho. “Comecei há pouco tempo a bordar e até o meu astral melhorou. Tenho certeza que me aperfeiçoando, poderei com isso sair do desemprego e conseguir ganhar o meu dinheiro para cuidar melhor dos meus dois filhos”.

Além deste encontro, estão previstas rodas de conversa, dinâmicas em grupo, palestras, visitas as empresas, eventos voltados para o empreendedorismo e qualificação profissional, que continuarão acontecendo até o final do ano.

Oficinas

O objetivo das oficinas, que acontecem até o mês de dezembro deste ano, é atender a população em situação de vulnerabilidade e risco social que é acompanhada nos serviços sócio-assistenciais promovidos pela Prefeitura. Além disso, desenvolver as habilidades do indivíduo e competências necessárias para atuar no mercado de trabalho como empregado formal, autônomo, microempreendedor individual, entre outros.

As oficinas acontecem uma vez na semana, com duas horas de duração em todos os Cras da cidade.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão