Bolsistas do Pró-Trabalho participam de Oficina de Hortas Urbanas
Atualizado em 01/08/2018 - 19:27
Oficina de Horta  Pró-Trabalho  01 08 2018
Desde 2006, o Programa Hortas Urbanas traz noções básicas para o cultivo de hortaliças, ervas e temperos em pequenos espaços - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

Cerca de 100 bolsistas do programa Pró-Trabalho da Prefeitura de São José dos Campos participaram, nesta quarta-feira (1º) de Oficina do Programa Hortas Urbanas na Casa da Ilha, localizada no Parque da Cidade Roberto Burle Marx (av. Olivo Gomes, 100, Santana).

A Oficina foi realizada em duas turmas, no período da manhã e da tarde, pelos educadores ambientais da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade, que coordena o programa. Desde 2006, o “Programa Hortas Urbanas” traz noções básicas para o cultivo de hortaliças, ervas e temperos em pequenos espaços, promovendo o resgate do contato com a terra e estimulando a alimentação saudável, livre de agrotóxicos.

O objetivo é contribuir para introduzir conceitos de sustentabilidade e ampliar os conhecimentos dos participantes, apresentar os programas que são desenvolvidos na cidade, além das oportunidades de capacitação e atuação profissional. O Núcleo de Educação Ambiental localizado no Parque da Cidade realiza oficinas de hortas para diversos grupos organizados, como escolas, entidades, entre outros.

O bolsista Jair Graia dos Santos, que trabalhava como segurança, gostou da nova experiência. “Foi muito legal e produtiva a aula, coisas que a gente não conhecia e poderemos levar esse conhecimento básico para nossas casas”, afirmou.

Marcio Xavier da Cruz, que sempre atuou na área de mecânica também se surpreendeu com o projeto. “Gostei bastante de participar desta atividade pelo Pró-Trabalho e foi uma aula muito interessante porque você aprende sobre uma variedade imensa de plantas que a gente desconhecia e que tem uma função importante para a saúde”.

“Achamos muito bacana a oportunidade de falar sobre programas ambientais que são desenvolvidos na cidade para este público que se mostrou tão interessado. São projetos voltados para toda a comunidade e eles são também multiplicadores, destacou a educadora Elisa Farinha.

Na última semana o grupo participou de palestra sobre a compostagem de resíduos orgânicos, processo inserido na Política de Resíduos Sólidos, contribuindo para dar destinação ambientalmente correta aos resíduos orgânicos.

O Programa

Os beneficiários do Programa participam de palestras e cursos de qualificação profissional nas áreas administrativa, serviços gerais internos e externos, de acordo com a área escolhida, com carga horária de até 8h semanais.

Os participantes contam com uma bolsa-auxílio qualificação no valor de R$ 1.000 por mês, por até um ano, renovável por igual período, e vale alimentação de R$ 100. O Pró-Trabalho é coordenado pelas secretarias de Apoio Social ao Cidadão e de Inovação e Desenvolvimento Econômico.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade