Conexão Juventude na região sul mostra a filosofia do hip hop
Atualizado em 28/04/2018 - 18:56
Conexão Juventude Conjunto Elmano Veloso 28 04 2018
O evento movimentou o Conjunto Elmando Veloso com diversão para pessoas de todas as idades - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Rosi Masiero
Secretaria de Governança

O Hip Hop foi o destaque da 6ª Conexão Juventude de 2018, que aconteceu neste sábado (28) no Conjunto Elmano Veloso, região sul da cidade. Como uma plataforma que reúne dança, pintura, estética, poesia e música, o evento ressaltou essa cultura com uma programação particularizada.

“É um envolvimento visando estimular a criatividade e a consciência artística na sociedade que envolve várias artes juntas como o grafismo e expressões corporal”, ressaltou o cantor e produtor Davi Chaves, morador do bairro Dom Bosco que se apresentou no Conexão.  

Por isso entre 14h e 19h, o Conexão Juventude se transformou numa real representação dessa filosofia. O Mr. Fred que comandou as sessões de grafite no local, com demonstrações de pinturas e suas técnicas ao vivo agradou muito o público. “Estou gostando, o evento é interessante para o bairro”, mencionou Elaine Miranda que estava com o marido e a filha.

Participantes do evento no Conjunto Elmano Veloso, como Kelly Rose, mãe de João Pedro que estava adorando pintar, contou que essas reuniões ajudam no desenvolvimento criativo das crianças. “Fazia tempo que não acontecia aqui, bom que esteja de volta”.

No palco do Conexão, não podia ser diferente da proposta, tanto que contou com a ilustre apresentação do cantor joseense Síntese, famoso pelas suas faixas curtas e versos críticos. Teve também o Do MC, LK Marroquino, Killa Bi, Tati Botelho e Aliados Force Crew. 

Estreia

O aluno da Fundhas da unidade Dom Bosco, Renan Chagas, se apresentou no Conexão pela primeira vez. Alegre com seu desempenho, ele contou que começou a escrever poesias rimadas com sons, para acabar com a depressão.

Aos 16 anos ele afirmou que essa arte além de ajudar em sua recuperação, também lhe deu disposição para mostrar a outros jovens que a criatividade é uma das melhores saídas para qualquer problema. “Hoje me sinto na obrigação de repassar, pelas minhas letras que se pode vencer tudo”.

Vitrine para a juventude

O Conexão Juventude dá espaço a todo movimento jovem que queira desenvolver projetos artísticos, culturais e esportivos, de forma gratuita, com diversão para várias idades.

Neste ano, o evento já teve cinco edições, sendo a última, no Parque Alambari, na região leste, a primeira especial do ano – batizada de Conexão Juventude e Ação – com prestação de serviços aos munícipes e acesso a atividades socioeducativas.

O evento visitou as regiões leste, sudeste, norte e, agora, a sul. Em 2017, o Conexão passou por todas as regiões do município, incluindo Eugênio de Melo e São Francisco Xavier. Em 10 edições no ano passado, mais de 17 mil pessoas participaram das atividades.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Governança