Mais de 350 educadores participam do 1º Seminário de Alfabetização
Atualizado em 26/04/2018 - 16:41
1º Seminário de Alfabetização da rede de ensino municipal
O seminário tem como finalidade fomentar reflexões sobre o processo de alfabetização e compartilhar boas situações de aprendizagem - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

Nesta quinta-feira (26), mais de 350 educadores se reuniram no Cefe (Centro de Formação do Educador), que fica em Santana, na região norte, para participarem do 1º Seminário de Alfabetização da rede municipal de ensino. O evento contou com palestra da educadora e doutora em Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento, Telma Weisz, que foi prestigiada por uma plateia animada, formada por professores dos primeiros e segundos anos, orientadores educacionais pedagógicos e técnicos da Secretaria de Educação e Cidadania.

O seminário tem como finalidade fomentar reflexões sobre o processo de alfabetização em dois anos e compartilhar boas situações de aprendizagem do ensino da leitura e da escrita, visando o aprimoramento da prática pedagógica. Atualmente, a rede municipal possui mais de 8 mil alunos na Alfabetização, que corresponde aos dois primeiros anos do Ensino Fundamental.

Telma Weisz foi responsável por conduzir a palestra intitulada: “Alfabetizar em 2 anos. É possível?” em que, conversando com os educadores presentes, propôs reflexões e compartilhou dados e experiências de sua trajetória profissional.

“Quando os professores conseguem fazer um bom trabalho, a vida deles muda porque eles ficam empoderados, se sentem capazes de transformar as coisas em volta deles, isto é significativo e importante”, disse a especialista, que reforçou ainda sobre a importância de oferecer formações contínuas aos professores em prol de melhorias, que “sempre podem e devem acontecer dentro da Educação”.

Após a palestra, os educadores participaram de momentos de “socialização de práticas” e, em grupos, refletiram e ouviram abordagens de assuntos relacionados à alfabetização, como por exemplo: projetos inovadores, produção de textos, intervenções pedagógicas, entre outros.

“Para mim, o evento de hoje é um marco para a alfabetização em São José dos Campos. As formações contribuem muito no trabalho diário, aprendemos muito em cada encontro, ouvimos ideias novas, conversamos com outros educadores sobre as práticas pedagógicas, é uma troca de experiência positiva. Eu desejo colher frutos durante o trabalho que realizo com meus alunos, principalmente que todos eles sejam alfabetizados”, disse a professora Elaine Grazzia de Oliveira Santos, que dá aulas para uma turma do 1º ano da Emef Profª Maria Augusta Moreira da Costa, no Jardim Uirá, região sudeste da cidade.

O seminário é parte do programa Educação Continuada da rede que busca levar formação aos educadores para valorizá-los e possibilitar que os alunos sejam recebidos e orientados com a melhor qualidade.

Sobre a palestrante

Telma Weisz é doutora em Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Foi uma das autoras dos Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa, consultora do Ministério da Educação (MEC), supervisora pedagógica na elaboração e implementação do Programa de Formação de Professores Alfabetizadores (PROFA).

Atualmente, assessora o Programa Além das Letras e é responsável pela supervisão e implementação pedagógica do Programa Letra e Vida e Ler e Escrever no Estado de São Paulo.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania