Campanha já vacinou mais de 26 mil pessoas contra Influenza
Atualizado em 26/04/2018 - 17:38
Vacinação H1N1   UBS Jd Paulista 24 04 2018
Na primeira semana da campanha estão sendo vacinados os idosos e os profissionais da saúde - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

Mais de 26 mil idosos e profissionais da saúde, público-alvo da primeira semana, já foram imunizados na Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que começou na última segunda-feira (23) e prossegue até o dia 1º de junho. As vacinas estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde (UBS), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Além das 30 mil doses enviadas pela Secretaria de Saúde do Estado para o início da campanha, a Prefeitura recebeu mais 75 mil esta semana – 30 mil na terça-feira (25) e 35 mil nesta quinta (26). Segundo a Vigilância Epidemiológica, esse número deverá ser suficiente para atender o público-alvo da segunda semana de campanha, que são as gestantes, puérperas, crianças (6 meses e menores de 5 anos de idade) e indígenas, a partir de 2 de maio.

Nesta quinta-feira (26), a Vigilância divulgou um novo balanço da doença no município. Este ano, houve 29 notificações, sendo apenas 1 caso positivo para H3 sazonal, cujo paciente evoluiu bem e já teve alta hospitalar. Doze suspeitos tiveram o resultado negativo e 16 ainda aguardam confirmação. Não há óbitos registrados por influenza em São José dos Campos.

A estratégia de vacinação tem como objetivo minimizar a ocorrência da doença, as internações e óbitos atribuídos ao vírus influenza nos grupos mais vulneráveis, ou seja, que têm maior risco de evoluir com complicações.

A meta vacinal para São José dos Campos, estabelecida pela Secretaria de Saúde do Estado, é imunizar 139.604 pessoas do chamado grupo de risco – crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, pessoas acima de 60 anos de idade, trabalhadores de saúde e professores.

A partir do dia 9 de maio serão vacinadas as pessoas acometidas por comorbidades (portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independente da idade), os professores, os jovens sob medidas socioeducativas, as pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. O Dia D da campanha será em 12 de maio.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde