Famílias aproveitam culinária e atrações da Festa do Mineiro
Atualizado em 21/04/2018 - 19:25
Festa do Mineiro 21 04 2018
Os pratos deliciosos da cozinha mineira é o ponto forte do tradicional evento, que reúne famílias inteiras - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Paula Pessoa
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

A Festa do Mineiro começou neste sábado (21) no Parque da Cidade, em Santana, na região norte de São José dos Campos. Entre as atrações, a comida típica oferecida por 20 barracas é o destaque especial. O evento continua neste domingo (22) e deve atrair, por dia, cerca de 30 mil visitantes.

Ao toque do berrante, a porteira foi aberta. E o cortejo deu início a festa. Formado pela Irmandade do Santíssimo (da paróquia local) e a Banda de Santana, o grupo teve a participação de idosos da Casa do Idoso Norte.

À frente, como rainha, estava a sorridente Ana Clara Rodrigues de Freitas, de 8 anos, moradora de Santana, que dá continuidade a uma tradição da família. O convite para guiar a corte surgiu da avó, Maria do Carmo Garcia Rodrigues, uma simpátia aposentada de 61 anos, frequentadora da Casa do Idoso da região.

Maria do Carmo ficou orgulhosa com a honraria. “Eu sempre venho na Festa do Mineiro. Gosto muito de participar. E como vó coruja, fico muito emocionada e feliz ao ver minha neta sendo a rainha do cortejo. Os meus três filhos participavam da corte, e agora ela completando a tradição da nossa família.”

Ana Clara era só alegria. “Não via a hora de chegar o dia de hoje. Estou sentindo muita felicidade. Acho a festa legal, e gosto de ver os artesanatos.”

Emoção também foi a palavra utilizada por Fernanda Ayumi, de 28 anos, a responsável por anunciar a abertura do evento. “É muito prazeroso. Gosto bastante de participar da festa. Participo há muito tempo. E, para mim, tocar o berrante aqui é emocionante e inexplicável.”

A manhã de programação seguiu com a tradicional missa e distribuição do café com leite e biscoito, almoço mineiro e diversas apresentações musicais regionais. Entre os pratos mais conhecidos, o público degustou galinhada, feijão tropeiro, porco no rolete, frango com quiabo, torresmo, feijão de corda, mandioca frita e muitas outras delícias.

Pela primeira vez na Festa do Mineiro, Dora Ferreira Noronha trabalhava em uma das barracas de galinhada com uma equipe da casa de abrigo do Hospital Pio XII. “Para mim, é tudo novo, mas está sendo ótimo. Nossas vendas têm saído bem. Isto nos alegra, pois preparamos tudo com muito amor e carinho.”

Na hora da sobremesa, os visitantes encontram muitas opções nas barracas de doces caseiros e cristalizados, romeu e julieta, suco de uva e caldo de cana, além de refrigerante pipoca. As iguarias são provenientes de São José dos Campos, Jambeiro, Santa Branca, Mogi das Cruzes, Monteiro Lobato, entre outras cidades.

Para quem gosta de artesanato, outras 60 barracas oferecem produtos em crochê, tapetes, enxovais, roupas, almofadas, turbantes, guirlandas, toalhas, cachecóis, carteiras e muito mais. Em uma delas estão expostas as peças feitas de feltro e retalhos de dona Maria Helena Alves, artesã de 65 anos.

Ela expõe os trabalhos em feiras da cidade e, pela quinta vez, está na Festa do Mineiro. “Gosto muito de participar. Além de me ajudar na renda, com a venda dos artesanatos, estar aqui é bom porque encontro com muitos amigos da cidade.”

As atrações regionais completam a Festa do Mineiro, que é realizada pela Prefeitura de São José, por meio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em homenagem aos migrantes vindos de Minas Gerais. A comemoração é considerada um ambiente saudável e animado para aproveitar em família.

A arquiteta Ivani Ferreira Dolinsky, que se considera uma mineira de coração, aproveitou o sábado para almoçar com o marido e a filha, Maria Cecília, de 3 anos. “Esta festa é muito importante porque resgata raízes e me traz memórias afetivas. Quando vi esse cenário, com a moda de viola tocando ao fundo, me senti em um pedacinho de Minas e lembrei da minha mãe, que é uma mineira de raiz. Vou ter que trazê-la aqui amanhã.”

A programação da 17ª edição continua neste domingo (22), das 9h às 22h, no Pavilhão Gaivota do Parque da Cidade (Avenida Olivo Gomes, 100, Santana). A entrada é gratuita. 

Programação 

Domingo (22)

9h - Abertura

13h às 22h - Apresentações musicais: Maria Costa e Júlio Nero, Ruan e Luiz, Banda Mandakalô, Marcos e Michele, Danilo e João Ricardo, Matheus Viola e Victor Reis, Alessandro e Tiago, Diney e Sobrinho, Ramos e Andrade, Wagner Vilela, Paulo e Rafa


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo