Doação de livros e apresentação teatral marcam Dia Nacional do Livro Infantil
Atualizado em 19/04/2018 - 10:51
Dia Nacional do Livro Infantil, com doação de livros para alunos da Emef Profº Hélio Walter Bevilacqua no bairro Jd. República.
Um grupo de mães participou da comemoração do Dia Nacional do Livro Infantil com apresentações de teatro e dança na Emef. Hélio Bevilacqua, na região sul. - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

O Dia Nacional do Livro Infantil e aniversário do escritor Monteiro Lobato, celebrados nesta quarta-feira (18), foi repleto de atividades especiais na Emef Profº Hélio Walter Bevilacqua, no Jardim República, que fica na região sul. A equipe pedagógica da escola, alunos e um grupo de mães refletiram sobre a importância da leitura e participaram de estações literárias, roda de conversa com uma autora de livros infantis e apresentação teatral. Cerca de 300 alunos participaram do evento, todos ganharam um livro para levar para a casa.

Em clima de festa, os alunos se reuniram na quadra da escola para assistir a apresentações de dança e teatro preparadas por um grupo de mães. O grupo se organizou e preparou as apresentações baseado nos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Lobato. Entre todos os personagens, a Emília, representada pela maquiadora Keli Negromonte Moreira, mãe de um aluno do 2º ano, foi a que se destacou entre as crianças.

“A equipe de direção da escola propôs a ideia de uma peça de Monteiro Lobato e eu, logo de cara, com as outras mães topei a ideia. Acho que é um incentivo especial para as crianças, nós como mães conseguimos nos envolver e participar, assim deixaremos memórias boas para nossos filhos”, disse Keli.

“Eu achei muito legal essa comemoração, estou me sentindo inspirado, feliz e alegre. Adoro o Monteiro Lobato e gostei muito de ver a minha mãe de Emília no teatro”, comentou animado o aluno do 2º ano, Henrique Negromonte Moreira, de 7 anos.

“Eu adorei a Emília, ela é a minha preferida das histórias porque é esperta e engraçada, estou gostando muito do dia de hoje”, foi o depoimento de outra aluna, também do 2º ano, a Ana Gabriele , de 7 anos.   

"Aqui na escola temos uma boa parceria com a comunidade, eles sempre estão presentes e as crianças se envolvem. A leitura é primordial e temos que incentivar e, já nesta faixa etária, pois eles poderão ser bons leitores, apreciar a leitura, ter mais criticidade e ser bons cidadãos", disse a professora da escola, Thaís Mafra.                                                                                                

O evento contou com a presença da escritora Cristiane Mota Viviani, autora da obra infantil “Cultivando a paz em atitudes”, que foi lida pelos alunos com os professores. A autora conversou com as crianças e respondeu algumas perguntas feitas pelos alunos sobre o processo de criação de um livro. Viviani, que é educadora aposentada, ressaltou a importância da leitura como ferramenta transformadora e falou sobre a necessidade de se debater sobre valores humanos, como o respeito e solidariedade, tema abordado em seu livro. 

“O convite para estar aqui foi uma grata surpresa, ainda mais vendo que o meu autor favorito, Monteiro Lobato, está sendo homenageado também. Fico muito feliz em ter este contato com as crianças que leram meu livro e ver toda participação das famílias na escola”, disse Cristiane.

O escritor Monteiro Lobato nasceu em Taubaté, no Vale do Paraíba. Suas obras infantis constituem aproximadamente a metade da sua produção literária, com contos sobre Narizinho, Pedrinho, Emília, entre outros personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania