Prefeitura e Hospital Pio XII ampliam atendimento oncológico
Atualizado em 13/04/2018 - 16:26
Autoridades e integrantes do Hospital Pio XII participam da solenidade de entrega do novo ambulatório de oncologia e lançamento do programa Previna. Foto: Claudio Vieira/PMSJC. 12-04-2018
Para pacientes em tratamento clínico de oncologia, o número de atendimentos praticamente dobrou, passando para 851 por mês - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A Prefeitura de São José dos Campos e o Hospital Pio XII estão ampliando a assistência aos pacientes com câncer atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Nesta quinta-feira (12), às 9h, será entregue o novo ambulatório oncológico do hospital e apresentado o programa Previna, que estabelece, a partir do diagnóstico patológico, o início do tratamento do paciente dentro do prazo de 60 dias.

Desde janeiro, a Prefeitura vem trabalhando na implantação do programa, que prevê a inserção dos pacientes em um sistema informatizado que permite o acompanhamento até o início do tratamento (cirurgia, quimioterapia ou radioterapia).

Em 2017, 1.003 pacientes foram acompanhados pela rede pública (com consultas, exames, tratamento e cirurgias). No ano passado, 354 pacientes iniciaram o tratamento de quimioterapia e radioterapia.

Com a nova ala, o hospital está ampliando os serviços oferecidos no segmento de oncologia, como o setor de quimioterapia, que anteriormente acolhia 700 pacientes e atualmente realiza 900 atendimentos por mês.

Em novembro do ano passado, Prefeitura e Pio XII formalizaram um novo contrato de parceria, que estabeleceu um aumento progressivo na oferta de consultas de casos novos, em torno de 87% até abril deste ano. O acordo – que também abrangeu o atendimento cardiológico – firmou novos valores contratuais, com um reajuste de 52%, passando de R$ 2,1 milhões para R$ 3,3 milhões mensais.

Nesse período, houve um aumento significativo na produção do atendimento em oncologia e cardiologia clínica e cirúrgica, como tratamento clínico, consultas de urgência, consultas ambulatoriais, exames radiológicos, entre outros.

Para pacientes em tratamento clínico de oncologia, o número de atendimentos praticamente dobrou, passando para 851 por mês. O número de cirurgias também teve um salto para 220 procedimentos por mês. Outro aumento significativo foi nos exames radiológicos em oncologia, passando para 3.550 diagnósticos por imagem por mês.

Administrado pela Congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, o Hospital Pio XII é referência na região do Vale do Paraíba na realização de procedimentos de alta complexidade. O hospital recebeu recentemente o Certificado de Acreditação Plena (atendimento quimioterápico, ambulatorial e hospitalar, laboratório de Criobiologia e Transplantes de Medula Óssea).


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde