Aula de capoeira atrai alunos de 6 a 14 anos da Fundhas
Atualizado em 12/04/2018 - 21:34
Capoeira na Unidade Embraer
A capoeira estimula a coordenação motora, reflexo, equilíbrio e lateralidade - Foto: Divulgação

Quitéria Melo
Fundhas

Mais de 30 crianças e adolescentes, de 6 a 14 anos, da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) - Unidade Embraer, estão tendo a oportunidade de participar de aulas de capoeira, graças ao Programa Arte nos Bairros, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. A unidade lançou a proposta e, após a adesão, inscreveu todos os alunos, no período em que as vagas estavam abertas à comunidade.

As aulas acontecem todas as sextas-feiras, das 14h às 15 horas, para alunos de 6 a 10 anos, e das 15h às 16 horas, para aqueles de 11 a 14 anos, na rua João Rodolfo Castelli, 96, Putim, região sudeste.

O objetivo é usar a capoeira como ferramenta de transformação das crianças e adolescentes que participam da atividade, pois além de desenvolver e ampliar o conhecimento cultural e musical, a arte estimula o controle emocional e o convívio entre os pares, agregando valores como respeito e disciplina.

Para a aluna Karolina Santos, 9 anos, a aula está mais do que aprovada. “Eu gosto demais de participar porque é uma aula muito divertida e já aprendi os nomes dos instrumentos como berimbau e chocalho”.

Outra estudante que também considera a atividade divertida é Grazielle Cruz Silva, 11 anos. “Eu me solto demais na aula porque aprendo tudo o que gosto como a música, a rima e já estou até tocando berimbau”, afirmou.

O instrutor Adarilson Thiago da Silva (33), o Chilico, disse que os alunos já começaram a identificar e a tocar os instrumentos que dão ritmo às aulas, como o berimbau, pandeiro, atabaque, agogô e reco-reco e ressalta, ainda, os benefícios quanto à coordenação motora, reflexo, equilíbrio e lateralidade.

A Instituição

A Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos e atende gratuitamente crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, que participam de atividades no contraturno escolar. Atividades educacionais como música, dança, teatro, artes e uma atenção especial ao reforço escolar. Esporte e cultura também fazem parte do dia a dia dos alunos, que ainda aprendem a cuidar do meio ambiente.


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas