São José registra nova morte suspeita por febre amarela
Atualizado em 03/04/2018 - 16:49
Vacinação contra a Febre Amarela em São Francisco Xavier
Desde o final do ano passado, a Prefeitura vem realizando diversas campanhas na região de São Francisco, inclusive vacinando os moradores de casa em casa - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A Prefeitura de São José dos Campos confirmou uma nova morte suspeita por febre amarela. Trata-se de um homem, de 39 anos, morador do distrito de São Francisco Xavier, região norte da cidade. Se confirmada, será a quarta morte pela doença no município neste ano.

J.M.L. não foi vacinado contra a febre amarela. Ele recebeu os primeiros atendimentos na UPA de São Francisco, na semana do feriado de Páscoa. O quadro evoluiu rapidamente e, no dia 1º de abril, foi internado no Hospital Municipal e veio a óbito nesta segunda-feira, dia 2. A Vigilância Epidemiológica ainda aguarda a confirmação da morte pelo Instituto Adolfo Lutz – o resultado sai entre 15 e 20 dias.

A febre amarela é uma doença altamente letal, que evolui conforme a situação imunológica de cada paciente.

O primeiro óbito deste ano foi o de M.J.B., de 28 anos, registrado no dia 10 de janeiro, que adoeceu depois de passar as festas de fim de ano em Mairiporã.

No dia 8 de março, L.C.S., de 40 anos, morador do bairro Bonsucesso, veio o óbito no Hospital Municipal. Foi a primeira morte autóctone do ano. No dia 14 de março foi registrado um terceiro óbito, confirmado nesta semana pelo Adolfo Lutz: M.A.S., de 59 anos, moradora de São Francisco Xavier.

Força-tarefa na vacinação

Desde o final do ano passado, a Prefeitura realizou diversas campanhas na região, inclusive vacinando os moradores de casa em casa. A vacinação continua normalmente nas 40 unidades básicas de saúde do município, das 9h às 15h. Em toda a cidade, mais de 460 mil pessoas estão imunizadas contra a febre amarela, cerca de 70% do público alvo.

A Prefeitura reforça que a população deve continuar se vacinando, pois o vírus está circulando na área de mata da região norte de São José. Os três óbitos autóctones são de moradores de São Francisco e Bonsucesso. Segundo a Vigilância Epidemiológica, nenhum deles foi vacinado.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde