20 bairros já foram beneficiados com a Atividade Delegada
Atualizado em 21/12/2017 - 14:08
Atividade Delegada Calçadão Centro
Mais de 100 policiais militares participam da Atividade Delegada, reforçando as ações no centro da cidade - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Rodrigo Simões Machado
Secretaria de Proteção ao Cidadão

Balanço divulgado pela Prefeitura de São José dos Campos aponta resultados positivos da Atividade Delegada nos três primeiros meses de operações. O programa, implantado em setembro deste ano por meio de parceria com o Comando de Policiamento do Interior 1 (CPI-1), já beneficiou 20 bairros, além da região central.

Para a realização da Atividade Delegada, a Prefeitura investiu recursos da ordem de R$ 1,732 milhão. A ação faz parte de um conjunto de medidas do "São José Unida - Inteligência e Segurança", iniciativa da Prefeitura para contribuir com a segurança pública.

Neste período, um grupo de 40 policiais militares reforçou as diversas ações de combate aos fluxos, fortaleceu a fiscalização do comércio irregular, agiu contra a perturbação de sossego, e principalmente, se aproximou dos moradores e comerciantes. Um total de 6.052 pessoas foram orientadas nas ruas do município.

Desde a segunda quinzena de setembro até o início de dezembro, os 3.577 policiais que integraram as operações abordaram 2.709 pessoas.

Resultados

Vinte e três pessoas foram presas, sendo uma foragida da Justiça, alem de apreensão de uma arma de fogo, fiscalização de 2.708 estabelecimentos comerciais, sendo 65 multados por irregularidades (veja abaixo a tabela de produtividade).

Os bairros foram escolhidos com base no serviço de inteligência e estratégia da “São José Unida”. Na zona sul, moradores do Jardim Satélite, Morumbi, Cidade Jardim, Parque Industrial e Bosque contaram com as operações.

“Com o programa Atividade Delegada, a sensação é de mais segurança nas ruas, principalmente na região central durante o período de compras de fim de ano”, disse o aposentado Cleto Ferreira Rosa Jr., de 70 anos, morador de Santana há mais de 29 anos.

Na região leste, os bairros Vista Verde, Vila Industrial, Jardim Motorama, Vila Tesouro, Galo Branco, Jardim São Vicente e Santa Inês, também receberam mais policiais militares.

Na região norte, o plano de atuação da Atividade Delegada atingiu Santana, Alto da Ponte, Jardim Telespark e Altos de Santana, onde está localizado o Parque Alberto Simões. E, na região centro-oeste, Jardim das Indústrias, Vila Adyana e São Dimas.

O centro da cidade também foi alvo do programa, principalmente na época de maior movimento no comércio para o Natal. Foram contabilizados um acréscimo de 100 policiais.

"Moro no litoral norte e sempre escolho o calçadão de São José para fazer as compras de final de ano. Percebi este ano que a segurança estava reforçada nas imediações, o que me deu mais conforto", disse Gustavo Nascimento, 30 anos.

Estratégia

O planejamento para a Atividade Delegada foi feito em conjunto pela Prefeitura, por meio de sua Secretaria de Proteção ao Cidadão, e representantes do CPI-1, do 1º e do 46º BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior).

Os policiais militares, em média de 40 por dia, trabalham fardados, com equipamento de proteção individual. A Polícia Militar é a responsável pelo cadastro e adesão de policiais para o convênio. A jornada de cada policial empregado no programa será limitada em até oito horas diárias, não podendo ultrapassar o teto de 80 horas mensais individuais.

São José Unida

A Atividade Delegada foi mais um importante avanço em prol da segurança pública do município, já que a Prefeitura pode criar um plano estratégico em parceria com a Polícia Militar no combate à criminalidade. Em novembro, a Prefeitura preparou um forte esquema de segurança na região central e nos principais corredores comerciais. A ação teve início no dia 24 de novembro e se estende até o dia 6 de janeiro. Mais de 100 policiais militares, além do apoio da GCM (Guarda Civil Municipal), estarão nas ruas durante o período de compras para o Natal.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão