Nova Central de Regulação do Samu é inédita em São Paulo
Atualizado em 21/12/2017 - 09:14
Regulação do Samu e Fachada
São José é a primeira cidade no Estado de São Paulo a ter um sistema unificado de atendimento desses serviços - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A nova Central de Regulação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), integrada ao Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) e ao Cobom (Centro de Operações do Corpo de Bombeiros) foi oficialmente apresentada na manhã desta sexta-feira (15) no Batalhão da Polícia Militar CPI1, em São José dos Campos. 

O evento reuniu autoridades civis e militares, além de representantes da Consavap (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Vale do Paraíba), que administra as atividades do Samu. 

Para a coronel Eliane Nikoluk, comandante do Policiamento do Interior 1, a integração física dos três unidades representa uma união de forças com o intuito de salvar vidas. “Com esse modelo, conseguimos também racionalizar recursos, somando esforços para melhor atender a população”. 

A integração dos atendimentos é um dos compromissos da atual gestão da Prefeitura de São José de compartilhar recursos e dar mais eficiência aos serviços prestados à população. São José é a primeira cidade no Estado de São Paulo a ter um sistema unificado de atendimento desses serviços.  

Na ocasião, também foi entrega a placa de formalização de adesão ao Processo de Certificação Qmentum Internacional – uma acreditação canadense que monitora padrões de desempenho nas áreas de qualidade e segurança, definidos mundialmente, para instituições de saúde.  

Segundo a coordenação médica do Samu, durante um ano todo serviço de atendimento será inspecionado para atender aos critérios de certificação. 

O Samu é o serviço de atendimento móvel de urgência e emergência que atende pelo número 192. Ele realiza atendimentos em residências, locais de trabalho e vias públicas. O atendimento inclui as cidades de São José dos Campos, Jacareí, Monteiro Lobato, Igaratá, Santa Branca, Caçapava, Jambeiro e Paraibuna. 

A central de regulação de urgências do Samu é uma estrutura física equipada com recursos tecnológicos e constituída por profissionais médicos, técnicos auxiliares de regulação médica e rádio-operadores capacitados em regulação dos chamados telefônicos que demandam orientação e/ou atendimento de urgência e emergência. 

A central de regulação do Samu funcionava no mesmo prédio do COI (Centro de Operações Integradas), no antigo prédio da Câmara Municipal, na região central de São José. No final de outubro, os serviços do Samu passaram para o prédio do Copom. 

Atendimento Unificado 

Samu – 192

Bombeiros – 193

Polícia Militar - 190


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde