Projeto esportivo encerra 2017 com mais de 1.200 atendidos
Atualizado em 21/12/2017 - 09:14
Escola Ativa
O Escola Ativa é ampliado a cada mês com a adesão de novas escolas - Foto: PMSJC

Tatiana Vitorelli
Secretaria de Educação e Cidadania

Mais de 1.200 alunos do ensino fundamental da rede de ensino municipal já participam do Escola Ativa – projeto de incentivo ao esporte que oferece atividades no contraturno das aulas.

O projeto foi desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cidadania, a fim de unir o esporte à prática pedagógica e incentivar a dedicação aos estudos e o bom comportamento, já que para permanecer nos treinos o estudante precisa ter bom rendimento escolar.

Ao aderir ao projeto, as escolas podem escolher entre várias modalidades esportivas como futsal, handebol, vôlei e basquete. Em cada escola são selecionados 120 alunos de 11 a 15 anos, que são divididos em turmas de acordo com a faixa etária.

Ampliação do projeto

Iniciado em maio deste ano, o Escola Ativa é ampliado a cada mês com a adesão de novas escolas. Atualmente, 10 escolas recebem o projeto e, para o início do ano letivo de 2018, cinco novas escolas serão inseridas.

Segundo técnicos da Secretaria de Educação e Cidadania, o esporte é uma ótima ferramenta para ajudar a migrar as crianças para um mundo mais saudável, trabalhando a educação, saúde e qualidade de vida na formação do caráter de cidadãos íntegros e comprometidos com o que fazem.

Reforma das quadras esportivas

Para o desenvolvimento do projeto, a Secretaria de Educação realizou um balanço das condições estruturais das quadras esportivas e dos recursos utilizados nas escolas pelos professores de educação física. 

Durante a vistoria nas escolas, 19 itens foram avaliados, entre eles os alambrados, arquibancadas, coberturas, gols, iluminação, redes, tipo e qualidade do piso das quadras, materiais esportivos, vestiários e salas de educação física.

A reforma completa das quadras das escolas Álvaro Gonçalves, Antonio Palma, Rosa Tomita, Ana Berling Macedo, Luzia Levina Aparecida Borges, Lúcia Pereira Rodrigues e Elizabete de Paula Honorato já estão finalizadas, além da pista de atletismo construída na Emef Otacília Madureira.

Até o final do mês de dezembro, as escolas de ensino fundamental Dosulina Chenque Chaves de Andrade, Geraldo de Almeida, Possidônio Salles, Sonia Maria Pereira da Silva, Norma de Conti Simão, Luiz Leite, Mercedes Carnevalli Klein, Silvana Maria Ribeiro de Almeida e Vera Lúcia Carnevalli Barreto também terão a reforma das quadras finalizadas.

Escolas participantes

Emef Álvaro Gonçalves (Campo dos Alemães)

Emef Ana Berling Macedo (Alto da Ponte)

Emef Antonio Palma Sobrinho (Parque Nova Esperança)

Emef Dom Pedro de Alcântara (Conjunto D. Pedro I)

Emef Rosa Tomita (Jardim São José II)

Emef Elizabete de Paula Honorato (Jardim Mariana I)

Emef Sebastiana Cobra (Jardim das Indústrias)

Emef Ruth Nunes da Trindade (Parque Interlagos)

Emef Maria Ofélia Veneziani Pedrosa (Jardim Pôr do Sol)

Emef Mercedes Rachid Edwards (São Francisco Xavier)

 

Escolas que iniciarão no projeto em fevereiro de 2018

Emef Maria Nazareth de Moura Veronese (Jardim da Granja)

Emef Jacyra Baracho (Jardim Veneza)

Emef Norma Conti (Bosque dos Ipês)

Emef Maria Augusta (Jardim Uirá)

Emef Possidônio Freitas (Residencial Galo Branco)


GALERIA DE FOTOS

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania