Programa joseense de segurança recebe prêmio em Ilhabela
Atualizado em 21/12/2017 - 09:14
São José unida
O título será entregue em reconhecimento ao esforço da Administração em investir e compartilhar recursos contribuindo para a segurança pública - Foto: PMSJC

Rodrigo Simões Machado
Secretaria de Proteção ao Cidadão

A Prefeitura de São José dos Campos recebe, nesta terça-feira (5), o prêmio e o título de Projeto Inovador 2017 pela implantação do programa “São José Unida - Segurança e Inteligência”, responsável por reunir as forças policiais e os órgãos de prevenção do município para ações conjuntas em prol do ordenamento urbano e do aumento da segurança à população.

O prêmio será entregue no 1º Fórum de Cidades Digitais do Litoral Norte Paulista e do Vale do Paraíba, que acontece em Ilhabela, como reconhecimento de um programa inovador pela Rede Cidade Digital (RCD). O Projeto da RCD articula, regionalmente, ações para fomentar os desenvolvimentos econômico e social.

De acordo com o levantamento da Rede Cidade Digital, a Prefeitura de São José inovou a gestão pública com o projeto, que inclui o uso estratégico da tecnologia, destacando-se dos demais município da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. 

Segundo o diretor da Rede Cidade Digital, José Marinho, o objetivo do Projeto Inovador 2017 é valorizar “Prefeitos Inovadores”, que buscam técnicas ou ferramentas que ainda não eram utilizadas e que gerem resultados positivos para a gestão pública e para a população.

O título será entregue em reconhecimento ao esforço da Administração Municipal em investir e compartilhar recursos contribuindo, significativamente, para a segurança pública.

São José Unida

Integram essa força-tarefa a Guarda Civil Municipal, fiscais de posturas municipais e agentes de trânsito, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica, Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Rodoviária Federal.

O grupo se reúne periodicamente para avaliar os resultados das ações e traçar estratégias para o próximo período, definindo novas operações integradas entre as instituições. A  primeira ação dessa força-tarefa foi realizada no dia 8 de fevereiro deste ano. 

Por meio de parcerias e com a união de esforços e o emprego de recursos, o município conquistou a implantação do terminal do COI para a Polícia Civil, realocação de 20 câmeras de monitoramento em todas as regiões, realização de operações contra o fluxo, instalação de uma nova sede para a Polícia Ambiental, no Parque Alberto Simões e a criação da Nova Atividade Delegada, da Polícia Militar, com três novos enfoques: ações contra fluxos, criação da “Patrulha da Perturbação do Sossego” e expansão do programa “Vizinhança Solidária”.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão