Primatas

Primatas

Informações sobre as espécies

Nosso município possui, em seu território, cinco espécies de primatas, sendo algumas bastante ameaçadas, como o Muriqui (Brachyteles arachnoides), considerado o maior primata das Américas e o Sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita). São encontrados, ainda, o Bugio (Alouatta guariba), espécie que foi muito afetada com o surto de febre amarela há dois anos, o famoso Macaco-prego (Sapajus nigritus), o Sauá (Callicebus nigrifrons).

A existência de remanescentes da vegetação de Mata Atlântica, sobretudo, no Distrito de São Francisco Xavier, assegurou a manutenção dessas espécies, que são observadas por moradores ou visitantes, em várias oportunidades, alimentando-se ou em locomoção no seu ambiente natural, principalmente, os muriquis. Confira abaixo alguns belos registros que já foram feitos por lá:

https://www.youtube.com/watch?v=YNfoTZft0GA

https://www.youtube.com/watch?v=udGH2TxyhQE

https://www.youtube.com/watch?v=DgHjsyXztiI

Alguns saguis solitários também têm sido avistados em pontos da área urbana da cidade, habitando pequenos fragmentos de vegetação; ou grupos de saguis, como no Parque Alambari, na Zona Leste da cidade, onde eles têm se reproduzido e se mantido, ainda que em meio à ocupação urbana intensa.

Existe, ainda, a população de saguis-da-serra-escuros (Callithrix aurita) do Parque Natural Municipal Augusto Ruschi – PNMAR, localizado no Bairro Costinha, zona rural. É uma espécie com alto grau de ameaça, tendo sido alvo, durante dois anos, de monitoramento pelo Biólogo Wagner Lacerda, no âmbito de ações de licenciamento ambiental realizadas pela empresa pública Copel. O estudo deu origem à cartilha didática “Conhecendo e protegendo o sagui-da-serra-escuro”, que conta um pouco do Parque e dessa importante espécie de primata. Fique à vontade para fazer a divulgação da cartilha!

×