Ampliação da testagem se reflete no aumento dos casos de covid
02/06/2020 16:38
Nova Testagem para mapear o grau de contaminação da população de São José pela Covid19. Foto: Claudio Vieira/PMSJC 13-05-2020
Na rede pública estão disponíveis 2 tipos de exames laboratoriais para covid-19: o teste rápido e o RT-PCR - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant'Anna
Secretaria de Saúde

Os casos positivos de covid-19 em São José dos Campos têm aumentado à medida em que mais testes são disponibilizados para a população. No momento em que a pandemia causada pelo novo coronavírus continua avançando no Brasil, a testagem do maior número possível de pessoas é uma importante ferramenta na prevenção e no prognóstico da infecção.

Até segunda-feira (1º), a Vigilância Epidemiológica tinha registrado 4.413 exames coletados, incluindo a rede pública e privada, com 2.522 resultados negativos para o novo coronavírus, 1.002 pacientes aguardando confirmação laboratorial e 890 positivos.

Na rede pública estão disponíveis dois tipos de exames laboratoriais para covid-19: o teste rápido imunocromatográfico e o RT-PCR, que estão indicados somente para pessoas que apresentam sintomas gripais.

O teste rápido está disponível nas UBSs para profissionais das áreas de limpeza urbana, transporte público, saúde e segurança pública, idosos acima de 60 anos (se não houver realizado o PCR até o 7º dia da doença), pacientes com síndrome gripal que residam no mesmo domicílio de um profissional de saúde ou segurança pública em atividade e pessoas com comorbidades de risco para complicações de covid-19 (cardiopatas, pneumopatas, diabéticos, gestantes de alto risco, doentes renais).

O período de coleta deve ocorrer no mínimo 8 dias após início dos sintomas. Os profissionais de saúde e de segurança pública também devem estar 72 horas assintomáticos e, em caso positivo, todos devem cumprir 14 dias de isolamento.

Caso procure o serviço de saúde antes do prazo para a realização do exame, o paciente será atendido, orientado, terá agendada a data do teste e continuará sendo monitorado até o resultado, de acordo com o protocolo. No caso das pessoas com comorbidades, elas devem apresentar receita médica ou laudo médico que comprove a doença.

RT-PCR

Já o RT-PCR, considerado mais acurado para o diagnóstico da doença, está disponível nas UPAs e hospitais públicos para pacientes com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave que se consultarem na unidade. Também pode ser aplicado em profissionais de saúde e segurança pública em atividade, residentes de asilos e grupos institucionalizados e pessoas acima de 60 anos.

A coleta deve ser a mais precoce possível, até o 7º dia do início dos sintomas. Se o resultado for positivo, o paciente deve permanecer 14 dias em isolamento.

Os exames para diagnóstico da covid-19 na rede pública foram adquiridos pela Prefeitura ou disponibilizados pelo Ministério da Saúde, Governo do Estado e Embraer, que doou 20 mil testes em parceria com a Unesp.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde