Seminário de Alfabetização reúne mais de 400 educadores
Atualizado em 17/05/2019 - 14:47
SEMINARIO DE ALFABETIZAÇAO - 16-05-2019 - LUCAS CABRAL
Seminário contou com palestras ministradas por Carla Tocchet e Maria Priscila Bacellar Monteiro - Foto: Lucas Cabral/PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Com o objetivo de atualizar os professores da rede de ensino municipal sobre as concepções de alfabetização, o Seminário de Alfabetização 2019 reuniu mais de 400 educadores na última quinta-feira (16), no Cefe (Centro de Formação do Educador).

Organizado pela Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Educação e Cidadania, o encontro com o tema “Qual alfabetização queremos?” contou com palestras ministradas pela educadora Carla Tocchet, professora de pós-graduação em Alfabetização no Instituto Vera Cruz e a mestre em Educação Matemática, Maria Priscila Bacellar Monteiro.

Carla Tocchet destacou a importância e os reflexos que a formação permanente proporciona aos educadores da rede municipal.

“O trabalho de formação é peça fundamental. Garantir espaço de reflexão para que o educador possa pensar o trabalho que está sendo realizado e as respostas que as crianças encaminham com as atividades é muito importante. São José dos Campos é uma rede com um trabalho muito consistente em relação alfabetização”, concluiu.

Mestre em Educação Matemática, Maria Priscila Bacellar Monteiro abordou a ampliação de repertório em diferentes frentes para melhorar a aprendizagem dos cálculos.

“Esse seminário é o começo de um processo que vai se estender ao longo do ano. O objetivo principal não é a matemática e sim como se dá esse ensino em sala de aula, qual o papel do professor e do aluno. O encontro com os educadores é fundamental, são eles que ensinam essa didática”, pontuou Maria Priscila Bacellar Monteiro.

Patrícia Mendes, professora da Emef Norma de Conti Simão, localizada no Residencial Bosque dos Ipês, apontou os benefícios da formação.  “Todas formações contribuem bastante. Esse encontro ofereceu novas ferramentas, novos olhares, que serão aproveitados em sala de aula”, disse.

“Os professores saem daqui felicitados com tamanha sabedoria. Foi ótimo”, acrescentou Roseli Alves, da Emef Maria Ofélia Veneziani Pedrosa no Jardim Pôr do Sol.

Para a educadora Thais Fernandes, da Emef Elza Regina F. Bevilacqua, no Jardim Estoril, o Seminário de Alfabetização oferece um leque de possibilidades. “O encontro clareia bastante os professores, oferendo diversas maneiras e formas para aplicar um conteúdo em sala de aula.”

Programa de Educação Continuada

Visando a atualização dos professores e equipe gestoras das unidades escolares sobre as tendências educacionais, o Programa de Educação Continuada organiza durante todo o ano processos de aprimoramento junto aos educadores da rede municipal.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania