Programa Cidade Cidadã tem ‘largada’ na Vila Paiva
Atualizado em 24/06/2019 - 18:33
Cidade Cidadã
Primeiro Cidade Cidadã foi à Vila Paiva, na região norte, levando boas notícias para quem deseja emprego ou estágio - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Wagner Matheus
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida

O programa Cidade Cidadã, mais nova ação da Prefeitura de São José dos Campos voltada ao público jovem, teve sua “largada” na manhã desta segunda-feira (24) na Escola Estadual Yoshiya Takaoka, na Vila Paiva, região norte. Mais de 100 estudantes do Ensino Médio foram atendidos.

No auditório da escola, foram levados três serviços de interesse dos adolescentes: o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) forneceu carteiras de trabalho; o Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola) cadastrou interessados nos programas de estágios e Jovem Aprendiz; e a startup joseense Jobis divulgou o serviço gratuito de perfis para vagas de emprego desenvolvido por ela.

Os três serviços despertaram o interesse dos mais de 100 estudantes que formam parte das seis turmas de 2º e 3º ano do Ensino Médio do Yoshiya Takaoka. Como o programa foi divulgado com antecedência na escola, quem se interessou já levou documentos ou tinha dúvidas para esclarecer.

Cadastros no Ciee

As funcionárias do Ciee fizeram uma longa explanação sobre como os jovens podem se candidatar aos seus programas. Em seguida, estudantes interessados preencheram cadastros. Quem não o fez no dia, foi orientado a cadastrar-se no site do Ciee.

Pelo Jovem Aprendiz, destinado ao público entre 14 e 24 anos que está cursando ou já concluiu o Ensino Médio, o contratado fica quatro dias na empresa e um no Ciee para capacitação. Os incluídos no programa são remunerados e os contratos são assinados por no mínimo dois anos.

O programa de estágios do Ciee já é bem conhecido por recrutar boa parte dos estudantes da cidade. Podem ser beneficiados jovens que estejam frequentando curso técnico ou superior. A instituição também oferece cursos rápidos destinados ao enriquecimento do currículo dos candidatos.

Empregos

Por meio do site jobis.com.br, criado por uma startup de São José dos Campos, os interessados podem obter ajuda na busca de um emprego. O site mostra um mapa com as vagas mais próximas do endereço do inscrito, que pode acompanhar todo o processo seletivo para o preenchimento da vaga.

Duas funcionárias do PAT tiveram trabalho para atender ao grande número de estudantes interessados em obter uma carteira de trabalho. Bastava levar uma foto e documento de identidade e o jovem saía, orgulhoso, com a sua carteira.

A primeira

A diretora da Yoshiya Takaoka, Thaianne Santiago Bernardino, disse que não teve dúvidas quando soube que sua escola seria a primeira a receber o Cidade Cidadã. “Agarramos a chance porque, para os nossos alunos, é fundamental saberem que eles têm espaço no mercado de trabalho”, ressaltou.

Segundo ela, a escola já promoveu ações isoladas para oferecer melhores oportunidades para os seus alunos. Só neste ano já participamos de 13 olimpíadas do conhecimento, além de investir em outras ações que melhoram a capacitação dos estudantes. Também buscamos contato com o Ciee e com o Senai, que mantém uma unidade próxima de nós”, explicou.

Olho no futuro

A primeira aluna a ser atendida pelo PAT no programa Cidade Cidadã foi Maira Cristina Braz Almeida, 17 anos, moradora na Vila São Geraldo, na região norte. “Acho bom tirar a carteira, é importante a gente se preparar para o primeiro emprego, vamos criando experiência”, disse a estudante, que vai concluir o Ensino Médio neste ano.

Seus objetivos para o futuro já estão traçados. Ela pretende fazer faculdade de medicina veterinária ou, então, ser bombeira. Para usar a carteira profissional que conseguiu obter nesta segunda-feira, Maira sonhar em conseguir o primeiro emprego na área administrativa.

Na mesa ao lado de Maira, o primeiro a se cadastrar no Ciee foi Pedro Miguel Lobo Alves, 17 anos, morador nas Chácaras Havaí, também na região norte. Aluno do 3º ano do Ensino Médio, Pedro admite que já vinha pesquisando oportunidades no site do Ciee.

“Tenho interesse no programa Jovem Aprendiz, pretendo encontrar oportunidade como auxiliar administrativo”, afirmou. Pedro pretende cursar educação física, mas tem pressa para começar a ganhar o seu próprio dinheiro. “O melhor é entrar o quanto antes no mercado de trabalho”, garantiu.

Cidade Cidadã  

O programa Cidade Cidadã foi criado pela Prefeitura de São José dos Campos com base legal no Estatuto da Juventude. Realizado em parceria com a Diretoria de Ensino de São José dos Campos, nesta primeira fase, equipes da Prefeitura e de instituições convidadas farão visitas nas escolas estaduais, onde serão discutidos com os alunos do Ensino Médio temas relacionados à juventude, como drogas, suicídio, segurança no trânsito, consciência digital, gravidez precoce, além de oficinas culturais, serviços, entre outros.

O Cidade Cidadã será realizado no formato de um “talk” descontraído e com muita participação dos jovens, ao vivo e pelas redes sociais. O programa, que será levado a outras instituições educacionais e Fundação Casa, vai envolver profissionais das secretarias de Saúde, Mobilidade Urbana, Apoio Social ao Cidadão e instituições parceiras.

O programa Cidade Cidadã é gerido pela Assessoria de Programas para a Juventude da Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida