Alunos do Cephas embarcam para os EUA nesta terça
12/03/2018 - 16:09
Cephatron
Equipe do Cephatron, do Cephas, na montagem do robô que competirá nos Estados Unidos - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Luiz Fischer
Fundhas

Um grupo de 24 pessoas do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza), entre alunos, professor responsável, mentores e voluntários, embarcam nesta terça-feira (13) para a cidade de Troy, nos Estados Unidos, onde deverão permanecer até o dia 17 para mais uma Competição Mundial de Robótica.

Por meio do projeto interdisciplinar Cephatron, a Fundhas participa de todas as 17 edições do First (da sigla em inglês, “For Inspiration and Recognition of Science and Technology”). A competição internacional de engenharia reúne  times de escolas de ensino médio, empresas e universidades do mundo todo. O objetivo é desenvolver a solução para um desafio de engenharia proposto em um ambiente de jogo.

Para os alunos do Cephas essa é uma grande oportunidade de aprendizado. Para a aluna Caroline Morais de Souza, 18 anos, moradora no Jardim Santa Rosa, na região sudeste, o Cephas abriu caminho para sua carreira profissional. “Tenho que agradecer a instituição. Ir viajar com a equipe do Cephatron # 1860 e conhecer um novo país é um sonho. Estou cursando o 3º módulo do curso de Técnico de Eletrônica e pretendo fazer faculdade de Engenharia Eletrônica”, afirmou. Caroline é a copiloto do robô e terá um tempo de dois minutos tem e quinze segundos para realizar as tarefas do jogo.

Pedro Henrique da Silva Ferreira, 18 anos, afirma que o Cephas o ajudou a encontrar uma profissão. “Quando entrei no Cephas para fazer o curso de técnico em Mecânica eu estava perdido. Não sabia ao certo o queria. Terminei o curso em julho de 2017 e já estou em módulo de estágio e quero cursar Engenharia Mecânica”. Pedro Henrique é o interprete da equipe e ainda é mecânico de PIT, isto é, realiza os reparos na manutenção do robô.  

Prêmios já conquistados 

Desde 2006, primeiro ano da competição, até 2016, o Cephas vem conquistando muitos prêmios para São José dos Campos nestas competições. Ao todo, foram 17 prêmios em diferentes categorias.

No ano de 2016, o time de robótica do Cephas, o Cephatron #1860, conquistou dois prêmios na competição realizada no estado do Texas (EUA): o Chairman’s Award, considerado o melhor prêmio da competição mundial e o Judges Award.

First Robotics

A First foi fundada em 1989 pelo cientista Dean Kamenm para criar programas inovadores que promovam a matemática, a ciência e tecnologia entre os jovens.

O propósito é inspirar os jovens a serem líderes e inovadores de ciência e tecnologia, envolvendo-os em programas empolgantes com apoio de mentores, que criam habilidades de ciência, engenharia e tecnologia, além de promover capacidades para uma vida bem-sucedida, incluindo autoconfiança, comunicação e liderança.

A cada ano, o objetivo do jogo muda, a regra para a montagem do robô e a estratégia são lançados no primeiro sábado de janeiro. É sempre uma surpresa e um desafio diferente.

O desafio do jogo é lançado e, a partir de então, os times precisam desenhar, construir e testar um robô para desenvolver determinada tarefa em apenas seis semanas. Os times disputam em competições regionais e, aqueles que se classificam, disputam o torneio final.

Sobre o Cephas

O Cephas é uma instituição educacional, mantido pela Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza, e que tem como finalidade oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional e de cursos técnicos de nível médio. Em seus 17 anos de atuação, formou 7.874 alunos em cursos técnicos.

O Cephas está localizado na região sul da cidade - Rua Tsunessaburo Makiguti, 399 - Floradas de São José. Telefone: (12) 3934-1995.

MAIS NOTÍCIAS
Fundhas